nsc
nsc

Alerta

SC está em alerta para nova onda na pandemia de Covid-19, diz secretário

Compartilhe

Raphael
Por Raphael Faraco
11/05/2021 - 18h42 - Atualizada em: 11/05/2021 - 19h59
André Motta está preocupado com a possibilidade de uma nova onda
André Motta está preocupado com a possibilidade de uma nova onda (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom)

O Secretário da Saúde, André Motta, está preocupado com a real possibilidade de uma nova onda da Covid-19 em Santa Catarina. O alerta foi feito durante entrevista concedida ao CBN Hub, na CBN Diário, desta terça-feira (11).

— Estamos percebendo pelo que está acontecendo no Estado, no país e no resto do mundo que nós provavelmente teremos um terceiro impacto, talvez tão grande como o do começo do ano.

> SC prorroga suspensão das cirurgias eletivas, mas deve retomá-las ainda esta semana; entenda

Segundo Motta, apesar da aparente tranquilidade a pandemia segue impactando no Estado, bem como em todos o país.

— Nós tivemos uma discreta diminuiçao dos casos ativos e da necessidade de terapia intensiva, apesar dela existir ainda. Mas o cenário já aponta que há uma elevação em algumas regiões do Estado, assim como aponta em outros ambientes, outros estados e outros países — completou o secretário.

> Vacinas da Pfizer chegam a SC e serão distribuídas para 5 cidades

O raciocínio é simples. Apesar da redução nas internações e mortes por dia nas últimas semanas, é nos casos ativos que as autoridades encontram o 'termômetro' da pandemia. O aumento considerável no número de pacientes doentes representa mais internações e mais mortes a curto prazo.

Hoje, Santa Catarina vive um momento de estabilidade. Estabilidade em 'alta' de acordo com os especialistas em Saúde.

Nos últimos 30 dias, o número de casos ativos flutuou pouco, mas se manteve elevado: entre 18 e 20 mil. 

Nesta quarta-feira (12), as ações de combate a pandemia completam 14 meses em SC. São quase 915 mil casos confirmados, 881 mil pacientes recuperados e 14.185 mortes. Mais de 30 pessoas aguardam por um leito de UTI nas suas respectivas regiões.

> Estado considera nova onda de Covid-19 em SC com a chegada do frio

Durante toda a entrevista, ouvintes da CBN peguntaram sobre a possibilidade de novas medidas de restrição.

Questionado 'no ar' pela jornalista Juliana Gomes, André Motta demonstrou que o governo está alinhado, e apesar da enorme preocupação não pretende fazer sigificativas mudanças na política do combate à pandemia.

— O impacto é muito cruel nas pessoas. Sob o ponto de vista social, de saúde pública e econômico. As regras sanitárias estão colocadas e são muito claras. Precisamos de um pacto, de todos nós. Entender a gravidade deste momento e cumprir as regras postas. Não há que se criar regra nova se as regras colocadas não são cumpridas por todos — finalizou Motta.

Leia também

> Nova rodovia em SC é a aposta do Estado para desafogar trânsito na BR-101

> Eficácia da fiscalização é a opção de Moisés no combate à pandemia em SC

> Receba notícias de Santa Catarina por WhatsApp

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas