nsc
nsc

Pandemia

Eficácia da fiscalização é a opção de Moisés no combate à pandemia em SC

Compartilhe

Raphael
Por Raphael Faraco
08/05/2021 - 17h59 - Atualizada em: 08/05/2021 - 19h02
Governador Moisés e os secretários em reunião neste sábado
Governador Moisés e os secretários em reunião neste sábado (Foto: José Carlos Araújo / NSC TV / reprodução)

O governador Carlos Moisés esteve reunido na tarde deste sábado (8) no Centro Administrativo com os secretários do primeiro escalão. Entre os assuntos, o combate à pandemia.

> Moisés diz que erro foi reparado no impeachment dos respiradores: "A verdade prevaleceu"

E ficou claro que o governo vai manter a política adotada há meses. Apostar na consciênca das pessoas, e no cumprimento das regras estabelecidas por decreto e portarias.

— Pretendemos atuar com a eficácia da fiscalização. Nós fizemos regramentos para todas as atividades, portanto não há vontade nossa de aplicar medidas restritivas, de retornar a qualquer padrão anterior e sim fiscalizar as regras que estão postas aí — disse Moisés em entrevista à repórter Ana Vaz da NSC TV.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O Secretário de Estado da Saúde, André Motta, reconduzido ao cargo nesta sexta-feira (7) logo depois da volta de Moisés ao governo, estava presente. E fortaleceu o discurso.

— Precisamos de um pacto entre o governo do Estado, os municipais, a Alesc, Ministério Público, imprensa. Temos que entender que as regras precisam ser cumpridas — comentou.

> O que esperar das restrições em SC após retorno de Moisés e André Motta

É evidente a preocupação de quem governa o Estado em tentar combater a pandemia sem impactar ainda mais os setores. Por outro lado, a necessidade de que Santa Catarina se prepare para uma possível piora nos números.

Com os dados atualizados neste sábado, ultrapassamos a marca de 14 mil mortes por Covid-19 ou pelas complicações provocadas pela doença.

O momento é de estabilidade 'em alta', dizem as autoridades. Temos 20.460 casos ativos, 93,7% de ocupação dos leitos de UTI para adultos e 38 pacientes aguardando vaga nas suas respectivas regiões.  

> Chegada de novas vacinas Coronavac a SC garante fim da espera pela segunda dose, diz governo

No começo da semana a Secretaria de Estado da Saúde começa a dar respostas, segundo o secretário. 

— Em tese estamos finalizando uma onda e com casos ativos muito altos. E na possibilidade bem forte de outra onda nós precisamos entender se a 'rede' posta é suficiente ou não. E também as outras necessidades, insumos, equipamentos e tudo que advém disso — completou André Motta à Ana Vaz.

Leia também

> Vitória de Moisés no impeachment dos respiradores nasce na traição de Sargento Lima à Alesc

> Defesa de Moisés consegue anular efeitos da sessão do Conselho do MPSC sobre caso dos respiradores

> Trânsito caótico na Grande Florianópolis é risco a mais para os pacientes; veja os vídeos

> Secretaria da Saúde de SC faz apelo e sugere pacto três dias depois do novo decreto

> SC libera eventos e casas noturnas com novas regras até 17 de maio; leia o decreto

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas