nsc
nsc

Otimismo

Governo de SC projeta para novembro um novo momento da pandemia no Estado

Compartilhe

Raphael
Por Raphael Faraco
27/09/2021 - 17h57
O otimismo do Estado passa pela vacinação
O otimismo do Estado passa pela vacinação (Foto: Ricardo Wolffenbüttel/SECOM)

A Secretaria da Saúde de SC espera que, entre outubro e novembro, o Estado chegue a 70% ou 75% de vacinados com as duas doses. Esta é a meta das autoridades para agir com um pouco mais de "conforto". Tanto que o próprio secretário André Motta falou hoje, ao vivo no Bom Dia SC, sobre a possibilidade de derrubar a obrigatoridade do uso de máscaras em ambientes abertos, em aproximadamente um mês.

Para que isso aconteça, a vacinação precisa acelerar e os números da Covid no Estado permanecerem mais controlados, se comparados com o que vivemos há alguns meses. 

Este cenário menos preocupante, certamente levará o governo a novas decisões sobre as medidas de combate à pandemia. A resposta de Motta sobre a pergunta das máscaras pela manhã, é um recado bem claro. 

No fim da entrevista, uma última pergunta para reforçar a ideia. "O senhor acredita que o mês de novembro será um divisor de águas em SC?":

— Eu tenho esta esperança — respondeu o secretário.             

Leia também

> Novo decreto de SC libera eventos com 60% da capacidade em outubro

> "Esqueceram de avisar o câncer", diz médico de SC sobre cortes que afetam pacientes

> Falta de insumos no país afeta pacientes com câncer em SC

> SC lança Bolsa Estudante de R$ 6 mil por ano para combater evasão escolar

> SC assina acordo com MPSC dia 30 para regularização do transporte intermunicipal

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas