nsc
nsc

Valorização

Moisés sanciona reajuste para 30 mil servidores da Segurança Pública de SC

Compartilhe

Raphael
Por Raphael Faraco
24/11/2021 - 18h44
Os novos valores serão aplicados a partir de 2022
Os novos valores serão aplicados a partir de 2022 (Foto: Peterson Paul / Secom)

O governador Moisés sancionou, nesta quarta (24), a lei que reajusta os vencimentos de mais de 30 mil servidores da Segurança Pública do Estado, entre ativos e inativos. Os novos valores serão aplicados em duas etapas: janeiro e julho do ano que vem. A novidade vale para as polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Instituto Geral de Perícias. 

> Procon SC manda liberar cancelas de pedágios em caso de filas; entenda

> Bolsa Estudante de R$ 6 mil em SC está pronto e será encaminhado à Alesc

Os maiores aumentos (33%) serão para as bases da carreira. Os níveis mais altos receberão reajuste menor (21%).  

Segundo o governo, a medida vai beneficiar 30.151 servidores: 17.251 ativos e 12.900 inativos. O impacto previto é de R$ 657 milhões para 2022 e R$ 875 milhões para 2023 e 2024.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

"A participação do Parlamento nesse processo foi fundamental. O reajuste alinha os vencimentos aos resultados alcançados nos últimos anos. Santa Catarina é considerado o estado mais seguro do Brasil pelo Centro de Liderança Pública e vem apresentando indicadores positivos na redução da criminalidade", disse o governador.

Leia também

SC está pronta para vacinar contra Covid crianças a partir de 5 anos

Banco é fechado em SC depois de 2,6 mil reclamações ao Procon​​

Passagens áreas da Azul começam a ser vendidas para aeroporto da Serra

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas