nsc
    nsc

    Descaso

    Prefeitura de São José ignora reunião sobre cracolândia no bairro Campinas

    Compartilhe

    Raphael
    Por Raphael Faraco
    03/05/2021 - 04h44 - Atualizada em: 03/05/2021 - 08h47
    Cenas comuns no bairro Campinas
    Cenas comuns no bairro Campinas (Foto: Divulgação)

    É difícil de acreditar, mas não havia um representante da prefeitura de São José no encontro que aconteceu na sexta-feira (30) em um restaurante da cidade, para buscar soluções sobre a calamidade social que o bairro Campinas, um dos mais importantes e populosos da região, enfrenta há anos.

    Estavam na reunião

    Senador, deputado federal, deputado estadual, governo do Estado, secretários de Florianópolis, promotores de justiça, polícias, vereadores de São José e entidades importantes participaram da reunião mobilizada pelos próprios moradores pelas redes sociais. Mas a prefeitura preferiu ignorar o encontro.

    > Veja como receber as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

    O que vem ocorrendo em Campinas é grave e complexo. Foi um dos destaques da coluna no domingo (25) e ganhou ainda mais repercussão no dia seguinte com a cobertura ao vivo, no Bom Dia SC, na NSC TV.

    > Calamidade social: não é novidade o que acontece em São José; Veja as imagens

    São gritos durante toda a madrugada. Brigas, furtos, assaltos, incêndios, consumo de crack a céu aberto. Lixo espalhado por todos os cantos e, também por isso, frequentes alagamentos.

    Uma calamidade social que impacta diretamente na saúde e na segurança pública do município. E que tem piorado a cada dia. 

    Os vídeos foram gravados neste fim de semana (2).

    Audiência pública

    Nesta terça-feira (4) às 14h, a Câmara Municipal de São José vai realizar uma audiência pública, em mais uma tentativa para encontrar medidas que ajudem a resolver o problema. 

    Contraponto

    Procurada pela coluna, a prefeitura de São José disse que irá tratar do assunto na reunião agendada para esta terça na Câmara de Vereadores.

    Leia também:

    > Primeira remessa da Pfizer para Santa Catarina chega nesta segunda

    > SC libera eventos e casas noturnas com novas regras até 17 de maio; leia o decreto

    > Cirurgias eletivas em SC seguem suspensas

    Mais colunistas

      Mais colunistas