nsc
nsc

Precisa mais

Repasse de R$ 19 milhões não resolve falta de insumos a pacientes com câncer

Compartilhe

Raphael
Por Raphael Faraco
23/09/2021 - 11h57
Ipen diz que precisa de quase R$ 90 milhões até dezembro
Ipen diz que precisa de quase R$ 90 milhões até dezembro (Foto: Patrick Rodrigues / Jornal de Santa Catarina)

O governo federal liberou R$ 19 milhões ao Ipen, o Instituto de Pesquisas Energéticas Nucleares, para ajudar na retomada da produção de insumos radioativos usados para o diagnóstico e o tratamento de pacientes com câncer em todo país. Não resolve. O valor é 21% do necessário até dezembro, R$ 89,7 milhões, para que o serviço seja retomado.

> "Esqueceram de avisar o câncer", diz médico de SC sobre cortes que afetam pacientes

> Falta de insumos no país afeta pacientes com câncer em SC

O Ipen é responsável por 85% do abastecimento deste tipo de produto no Brasil. Mas na semana passada, anunciou a suspensão dos trabalhos por cortes no orçamento federal.   

Leia também

> Quase 350 mil pessoas em SC não receberam a 2ª dose da vacina contra Covid dentro do prazo

> SC assina acordo com MPSC dia 30 para regularização do transporte intermunicipal

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas