nsc
nsc

Inédito

Veja detalhes do acordo entre Governo de SC e MP para regularizar o transporte intermunicipal

Compartilhe

Raphael
Por Raphael Faraco
25/10/2021 - 05h00
A licitação só deve ser lançada em 2024
A licitação só deve ser lançada em 2024 (Foto: Ricardo Wolffenbuttel /Secom)

Os últimos meses foram de muitas reuniões entre representantes da Secretaria da Infraestrutura de SC e do Ministério Público para a regularização do transporte intermunicipal, que funciona há décadas sem nunca ter passado por licitação. Foram cerca de 40 encontros do Grupo de Trabalho, com acompanhamento de perto da Procuradoria-Geral do Estado, no intuito de garantir a segurança jurídica das decisões. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Como a coluna informou, no dia 8 de outubro, o secretário Thiago Vieira e o promotor Thiago Carriço assinaram o acordo, suspendendo uma ação civil pública movida pelo MPSC em 2018 em uma tentativa de regularizar o serviço.

A atual gestão procurou o MP, as conversas evoluíram e o acordo foi firmado. Primeiro para uma fase de transição. Depois, no começo de 2024, o lançamento do inédito edital. 

O acerto foi apresentado em detalhes para as 70 empresas que operam o sistema em SC, na última semana. Abaixo, os principais objetivos daqui para frente, segundo o documento:       

PARÁGRAFO ÚNICO - São objetivos do novo do Sistema Intermunicipal de Transporte de Passageiros, a constar do futuro edital de licitação:

  1. O atendimento de todos os Municípios catarinenses por algum serviço de transporte público;
  2. Sistema de Bilhetagem Eletrônica e Controle Operacional e Financeiro (SBE) dissociados da operação do Transporte;
  3. Controle da informação centralizado pela SIE;
  4. A observância da política de gratuidades, com a utilização de mecanismos céleres e fidedignos de identificação dos beneficiários;
  5. O alcance de índices de redução da poluição envolvida na atividade, com a preferência de tecnologias sustentáveis e práticas de ESG;
  6. Política de atualização e modernização constante do sistema ao longo da concessão;
  7. Previsão de possibilidade de integração com outros modais;
  8. Transparência das informações do sistema (dados abertos).

Veja o acordo na íntegra

Leia também

> Decreto de Criciúma que libera vacinados do uso de máscaras é analisado pelo MP

​​> Passaporte da vacina e uso de máscaras entram em discussão em Brasília

> Comércio de carne de cavalo em SC é degradante, diz Vigilância Sanitária​​

> Animais mortos após viagens de avião geram notificação a companhia aérea em SC​​

> Entenda por que o STF proibiu alguns remédios para emagrecer

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas