A coluna de hoje conta a história da família responsável pelo hortifruti mais famoso de Florianópolis: O Direto do Campo. Nasceu no final dos anos 80 como Cestão do Povo e depois mudou de nome e modelo.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Elder Besen abriu o primeiro Direto do Campo em 1992; agora, 31 anos depois, a empresa familiar está lançando o Mercadão de Coqueiros, um novo modelo de empreendimento. Serão 22 operações em Coqueiros, com cervejaria, empório de vinhos, sanduíches de bacalhau e mortadela e doces de Portugal, cafeteria, fast-foods, floricultura, eletrônicos, lavanderia e  moda fitness. Com a nova loja, serão oito estabelecimentos. 

Direto do Campo em Florianópolis se expande:

Nascido em Antônio Carlos, na Grande Florianópolis, o empresário Elder Besen começou a empreender em 1987. Ele trabalhava com o pai Vitor Besen e os irmãos Édio, Elvis e Saula, na lavoura da família,  quando começou a realizar feiras livres para comercializar os produtos cultivados na propriedade. Anos mais tarde, além das feiras, começaram a fazer sacolões nas ruas. 

Continua depois da publicidade

 — A gente costumava sair de casa perto das 1h da manhã para montar sacolões em cidades como Imbituba, Laguna e aqui em Florianópolis. Tanto que o antigo sacolão no bairro Agronômica se tornou no primeiro Direto do Campo. Abrimos ele em setembro de 1992 — lembra Elder.

Na sequência, Elder, o pai e os irmãos expandiram os negócios e abriram unidades em Canasvieiras e Estreito. Com o tempo, e em comum acordo, os irmãos decidiram desfazer a sociedade e cada um passou a administrar uma loja. Elder e a esposa Regina passaram a administrar a unidade localizada na Beira-Mar Norte.

Os três filhos do casal, Rafael Besen, Samuel Besen e Elder Besen Filho, começaram a trabalhar na unidade e vislumbraram a possibilidade de expansão da marca. Tanto que em 2014 inauguraram a unidade do Rio Tavares e um ano depois no Saco dos Limões. O crescimento do negócio fez com que Elder e os filhos resolvessem abrir uma loja no Rio Vermelho, em 2017 e em 2018 na Ponte do Imaruim, em Palhoça. 

De 2020 para 2022 foram abertas duas lojas, uma no bairro Santa Mônica, em 2020, e outra na Armação, na região Sul da Ilha de Santa Catarina, em 2022. Já em 2021, inauguraram o Centro de Distribuição de produtos em Campinas, São José. 

Continua depois da publicidade

Leia Mais:

Campeões de empregos em SC terão revisão de incentivo fiscal

Fiscalização de esgoto perde força e Floripa tem alto risco de vexame no verão

A história do professor que perdeu o pai e continuou a aula em SC

Destaques do NSC Total