nsc
nsc

Dinheiro em caixa

Aumento na arrecadação em SC é otimista, mas não traz garantia de retorno para o cidadão

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
16/01/2022 - 12h14 - Atualizada em: 16/01/2022 - 12h24
Aumento da arrecadação em SC
Aumento da arrecadação em SC (Foto: Arquivo NSC Total)

Santa Catarina encerrou o ano de 2021 com arrecadação de R$ 36,2 bilhões, o que representa 22,3 % a mais em relação a 2020. Claro que o ano base de comparação (2020) foi no pico da pandemia, com restrições, e o tombo foi muito grande. Mas é preciso reconhecer o trabalho do fisco e como o estado foi resiliente em meio à crise, obtendo bons resultados.

> Receba notícias de Florianópolis por WhatsApp. Saiba como

Importante destacar, porém, que muito disso se deve, também, ao aumento da gasolina, das principais fontes de arrecadação de ICMS, junto com energia e telecomunicações. O combustível subiu 68,6% no ano passado. Do ponto de vista arrecadatório, é bom para a fazenda. Vale frisar que Santa Catarina não aumentou o ICMS sobre combustíveis.

Não há relação de causa e efeito garantido entre maior arrecadação e melhores serviços na mesma proporção. Pela lógica, são mais recursos que podem ser investidos em saúde, educação, infraestrutura, como já está ocorrendo.

A sociedade precisa ampliar o controle social para saber o quanto ela contribui com impostos e como o dinheiro é gasto. Caso olhássemos mais de perto, a revolta seria grande. Precisamos avançar muito na cobrança dos serviços entregues ao cidadão. Cabe à população saber o carimbo em verba para cada área, acompanhar as metas, os indicadores e cobrar dos gestores. 

Mas quem faz isso? Os observatórios sociais, ainda que de forma muito tímida e menos barulhenta e impactante do que os grupos organizados e corporações que se apropriam dos recursos, legalmente, via acúmulo de vantagens e benefícios.

O que se sabe, ao certo, é que R$ 1,3 bi serão destinados para aumento da folha em 2022 com o pacote de bondades aprovado na Alesc. Que isso resulte em melhores serviços.

Leia Mais:

"Luta contra edifícios altos é excludente", diz ex-superintendente do Ipuf sobre Plano Diretor de Florianópolis

Professor de urbanismo diz que Florianópolis terá "salto" na verticalização de prédios; prefeitura nega

Arquitetos e engenheiros se posicionam sobre mudanças no Plano Diretor de Florianópolis; leia

Volta às aulas em SC tem novas regras definidas em decreto

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas