nsc
nsc

mordida

Justiça decide pela volta da cobrança do desconto de 14% de aposentados de SC

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
16/02/2022 - 05h51
Centro Administrativo em Santa Catarina
Centro Administrativo em Santa Catarina (Foto: Governo de SC/ Divulgação)

Os aposentados que recebem mais de um salário mínimo em Santa Catarina terão, novamente, o desconto de 14% em seus vencimentos. O desembargador Altamiro de Oliveira, vice-presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), suspendeu no final da tarde desta terça-feira (15) a liminar concedida pela 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital que determinou a suspensão da cobrança de contribuição previdenciária de inativos e pensionistas que recebem mais de um salário mínimo, como informou na segunda-feira (14) o colega Ânderson Silva.

> Falta professor no Colégio de Aplicação da UFSC após 2 anos sem aulas 100% presenciais

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A decisão foi uma resposta ao pedido de suspensão de liminar e sentença ajuizada pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE/SC) e pelo Instituto de Previdência do Estado de Santa Catarina (Iprev). É a sétima suspensão de liminar concedida em favor do Estado. As outras seis foram movidas pela Federação Nacional dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal (Fenale), Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário do Estado de Santa Catarina (Sinjusc), Associação dos Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc), Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Santa Catarina (Simpe), Sindicato dos Policiais Civis de Santa Catarina (Sinpol) e Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Santa Catarina (Adepol). 

O desconto dos aposentados foi uma das mais polêmicas na aprovação da Reforma da Previdência aprovada na Alesc em agosto do ano passado. Caso o desconto continuasse suspenso o impacto financeiro em 2022 seria de R$ 500 milhões.

Leia Mais:

Samu tem edital com apenas um concorrente habilitado e deve antecipar novo contrato

“Uber manezinho” promete ser mais barato e dar maior rentabilidade ao motorista

Acordo de leniência milionário cita 13 empresas e 20 agentes envolvidos com corrupção em SC

Florianópolis enfrenta guerra ideológica até em deck de acesso à praia

“Flagrante” de trabalhador em rede social leva à demissão por justa causa

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas