nsc
nsc

Empréstimo

MEIs terão R$ 10 mil de crédito com juro zero em SC

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
17/09/2021 - 06h36
R$ 10 mil aos MEIs
R$ 10 mil aos MEIs (Foto: NSC Total)

Microempreendedores individuais (MEIs) vão receber crédito subsidiado do governo de Santa Catarina a partir da próxima quarta-feira (22). O valor é de até R$ 10 mil, com juro zero, seis meses de carência, 12 meses de amortização e 36 parcelas de pagamentos.

> Receba as principais informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

Trata-se de uma nova etapa do SC Mais Renda Empresarial, que iniciou em julho atendendo micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia e que estão adimplentes.

Os empréstimos são viabilizados pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e pela Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), com apoio de cooperativas de crédito conveniadas.

A primeira cooperativa que vai operacionalizar os créditos para MEIs é a Cresol. A partir do dia 22 de setembro, serão realizados atendimentos nos municípios de Curitibanos, Campos Novos, Frei Rogério, Santa Cecília, São José do Cerrito, Dona Emma, Ibirama, Presidente Getúlio, Mirim Doce, Taió, Irineópolis, Bela Vista do Toldo, Canoinhas, Major Vieira, Monte Castelo, Porto União, Apiúna, Indaial, Lontras, Ascurra, Presidente Nereu e Rio do Sul. A partir do dia 30 de setembro a parceria se estenderá com o Sicoob em 95 municípios catarinenses.

Desde que o SC Mais Renda Empresarial foi lançado, foram aprovadas 621 operações de crédito, totalizando R$ 51,14 milhões. “Em média, foram disponibilizados R$ 82 mil para cada micro e pequena empresa (MPE) com contrato aprovado”, sintetizou a secretária adjunta da SEF, Michele Roncalio. Para MPEs os atendimentos são realizados tanto pelo BRDE quanto pelo Badesc. O valor contratual é de até R$ 100 mil, com prazo máximo de carência de até doze meses e de amortização de até 36 meses.

Embora o crédito aos MEIs tenha chegado somente após 17 meses desde o início da pandemia, a medida é muito importante pois atende quem mais precisa. Pipoqueiros, doceiras e muitos trabalhadores que perderam empregos formais e foram obrigados a empreender. Em muitos casos, o ato de empreender não foi opção , mas sim, uma necessidade.

Neste sentido, é importante procurar instituições como o Sebrae, que possui um corpo técnico altamente qualificado para treinar os empreendedores.

Os recursos do SC Mais Renda, além de ajudar empresas e empreendedores individuais, movimentam a economia local e geram um efeito positivo cascata nas comunidades.

Leia Mais:

Casas de shows em Florianópolis pagam taxa de lixo mesmo sem funcionar

Seguro de carro tem novas regras; saiba quais

Acidentes de motos desafiam sucesso de força-tarefa de cirurgias eletivas em SC

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas