nsc
nsc

Venda e Locação

Mercado vive “boom” de corretores de imóveis em SC

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
17/12/2021 - 06h00
Aumenta a procura pelo trabalho de corretor de imóveis em SC
Aumenta a procura pelo trabalho de corretor de imóveis em SC (Foto: Carlos Junior, Especial)

O Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Santa Catarina (Creci-SC) registrou mais 4.154 novas inscrições profissionais em 2021. Na comparação com 2020, até o mês de setembro, eram 27.204 profissionais registrados no órgão de classe. No mesmo período de 2021, já são 31.358 trabalhadores habilitados no Creci.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

>Governo de SC vai acabar com distanciamento entre alunos nas escolas

A pandemia pode estar entre as explicações pela procura pela profissão. Com as restrições no auge da pandemia no setor de bar, restaurantes, hotéis e eventos, por exemplo, muitos precisaram buscar recolocação no mercado de trabalho e vislumbram o comércio de imóveis como uma boa perspectiva.

Há, ainda, a possibilidade de começar a trabalhar em pouco tempo após realizar o curso técnico online em transações imobiliárias, condição para o exercício legal da profissão.

O fato de não haver prova de ingresso como exigência necessária é outra vantagem.

Leia Mais:

Nova passarela da Ponte Pedro Ivo tem 75 luminárias furtadas e depredadas em Florianópolis

Aprovado financiamento milionário para ampliar a Beira-Mar Continental de Florianópolis

Bombeiros proíbem manifestações sobre contratações temporárias de soldados

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas