nsc
nsc

publicidade

Inquérito

Operação Chabu: Gaeco muda para evitar vazamentos   

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
09/12/2019 - 21h26 - Atualizada em: 09/12/2019 - 21h56
Coordenador do Gaeco fala em mudanças para evitar vazamentos (Foto: Divulgação/MP)
Coordenador do Gaeco fala em mudanças para evitar vazamentos (Foto: Divulgação/MP)

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) vai mudar procedimentos internos para evitar vazamentos de operações. A Operação Chabu foi desencadeada a partir da suspeita de vazamento de operações da Polícia Federal (PF) e do próprio Gaeco.

Segundo o relatório final da PF, que culminou com o indiciamento de 17 pessoas, foram sete operações e inquéritos policiais em Santa Catarina que vazaram. O subprocurador-geral de Justiça para Assuntos Jurídicos do Ministério Público de SC e coordenador-geral do Gaeco no Estado, Fábio de Souza Trajano, em entrevista ao programa Estúdio CBN Diário desta segunda-feira (9), disse que estão sendo "aperfeiçoados processos internos" para evitar novos vazamentos. Ele não quis adiantar quais as mudanças para não atrapalhar as investigações em andamento.

— Onde existe o ser humano existe possibilidade de corrupção. Lamentamos o que aconteceu e ficamos agradecidos que isso tenha vindo à tona com essa operação. Quanto tempo nós levaríamos para chegar a essa conclusão? Estamos aperfeiçoando nossos processos internos. Foi um caso isolado — afirma o procurador.

Trajano não citou o nome, mas a referência é sobre o agente da PRF Marcelo Roberto Paiva Winter - indiciado por corrupção passiva, organização criminosa, violação de sigilo funcional e embaraçar investigação. Ele pertencia ao Gaeco.

— Isso mostra como a corrupção está incrustada em todos os órgãos do Estado, inclusive estava no âmbito de uma corporação como a nossa. Ele era acima de qualquer suspeita. Ele era professor dos delegados, uma referência nacional em termos de informação. Foi uma grande decepção para nós — finaliza o coordenador do Gaeco.

A defesa do agente da PRF preferiu não se manifestar.

Confira a entrevista com o Coordenador-Geral do GAECO/SC, Procurador de Justiça Fábio de Souza Trajano:

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Últimas do colunista

Loading interface...
Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

publicidade

publicidade

Mais colunistas

    publicidade

    publicidade

    Mais colunistas