nsc
nsc

Saúde

Pfizer não irá vender vacinas para Florianópolis: prioridade é negociar com Ministério da Saúde

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
26/02/2021 - 07h54
Expectativa por vacina
Expectativa por vacina (Foto: Futura Press/Folhapress)

O laboratório Pfizer disse à prefeitura de Florianópolis que não é possível vender vacinas neste momento, pois a prioridade é a negociação direta com o Ministério da Saúde. O prefeito Gean Loureiro pediu uma reunião no escritório da companhia em São Paulo na próxima segunda-feira (1). A empresa respondeu que entraria em contato com o prefeito após ”definições das negociações com o Governo Federal, assim como a possível disponibilidade global de doses e a viabilidade legal de um contrato municipal e/ou estadual”.

>Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

A coluna havia informado na última quarta-feira (24) a intenção de Florianópolis comprar o imunizante. O movimento do município é decorrente da aprovação definitiva da vacina na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça-feira (23). No ano passado, o prefeito Gean Loureiro procurou a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para buscar uma parceria com a universidade que possui super congeladores. Na época, a informação era de que a vacina da Pfizer necessitaria de -70°C para armazenagem das vacinas. Estudos recentes já apontam que a vacina da Pfizer não perde eficácia mesmo que armazenada em temperaturas não tão baixas.

Mais de 60 países já compraram esta vacina da multinacional com sede nos Estados Unidos e que tem 95% de eficácia. O Brasil não está entre eles.

Leia mais:

>Prefeitura de Florianópolis tenta comprar vacina da Pfizer

>Santa Catarina decreta lockdown aos fins de semana

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas