O governo de Santa Catarina não concorda com o resultado do Anuário da Segurança Pública 2023 (ASP), divulgado no dia 21 julho pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Pelo estudo, São Paulo aparece como o estado mais seguro do país, seguido de Santa Catarina. 

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O principal indicador para medir a criminalidade é a taxa de homicídios. Segundo a ASP, em 2022, a unidade federativa com a maior taxa de homicídios do Brasil foi o Amapá com 50,6 homicídios intencionais para cada grupo de 100 mil habitantes, seguida da Bahia (47,1) e Amazonas (38,8). O estado de São Paulo teve a menor taxa (8,4), seguido de Santa Catarina (9,1) e Distrito Federal (11,3).

Paulo Cezar Ramos de Oliveira, secretário de Segurança Pública (SC), disse ao programa Conversas Cruzadas da CBN Floripa que “às vezes, a estatística acaba não revelando uma verdade inquestionável”.

A tese do secretário é que a população de São Paulo é maior e, assim, os crimes acabam se diluindo pela densidade demográfica. Oliveira disse que o interior de São Paulo é muito seguro, mas a capital concentra os crimes e não dá para comparar, também, com Florianópolis. 

Continua depois da publicidade

Ouça o programa:

Leia Mais:

Missão de SC traz exemplos da Colômbia por fim da violência nas escolas: “Cultura de paz”

Destaques do NSC Total