nsc
nsc

Saúde

SC suspende centro de reabilitação e prejudica recuperação de pacientes

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
05/03/2021 - 06h17 - Atualizada em: 05/03/2021 - 11h07
Serviço de reabilitação de pacientes está suspenso
Serviço de reabilitação de pacientes está suspenso (Foto: Mauro Vieira/Agência RBS/Out 14)

Uma portaria (199) da secretaria de Saúde (SC) da última sexta-feira (26) suspendeu o atendimento no Centro Catarinense de Reabilitação (CCR). O local, em Florianópolis, atende adultos, crianças com deficiência motora, neurológica e intelectual. O serviço é essencial para uma recuperação de pacientes, para que estes tenham autonomia, independência e retomem seus movimentos.

Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Segundo especialistas, a parada representa aumento na incapacidade e morbidade. São pessoas que sofreram acidente de trânsito, no trabalho, colocaram uma prótese, fizeram cirurgia de quadril e outras inúmeras situações. Nesta semana, por exemplo, a mãe de um paciente que acabara de fazer uma cirurgia de paralisia cerebral foi informada que o serviço estava suspenso- justamente no momento em que o tratamento de recuperação é fundamental.

A interrupção dos serviços no CCR aumenta o risco de lesões e provoca fraqueza muscular nos pacientes. A reabilitação precoce é muito importante no sucesso do tratamento. O que mais chama a atenção é o fato de que, mesmo com atendimento com hora marcada, individualizado e em ambiente controlado, a medida foi adotada.

O Estado confirma a paralisação mas salienta que o serviço de oxigenoterapia para os pacientes Covid-19 continua funcionando.

O Deputado Estadual Bruno Souza (NOVO) protocolou na última quarta-feira (3) um pedido especial ao Governador Carlos Moisés para que, por meio da Secretária de Saúde do Estado, reavalie a decisão de fechar temporariamente o Centro Catarinense de Reabilitação. O CCR atende em média 150 pessoas por dia em mais de 10 especialidades e de acordo com o próprio órgão, funcionários e pacientes tem tomado todas as precauções necessárias relativas à Covid-19 determinadas pelas normas sanitárias. 

O deputado defende o serviço como essencial e a decisão de fechamento um desrespeito a população. “Peço urgente a retomada das atividades e atendimentos. São pessoas que sofreram acidentes graves ou passaram por cirurgias onde o tratamento de recuperação é fundamental”, adverte.

Leia mais:

Após flagrar paciente com Covid-19 na rua, profissional de saúde de SC faz apelo em áudio

Secretário defende “vacina na economia” em caso de lockdown

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas