nsc
nsc

Análise

Avaí faz grande jogo contra o Flamengo, mas tem gol legal anulado e perde

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
24/07/2022 - 15h59 - Atualizada em: 24/07/2022 - 16h08
Avaí 1 x 2 Flamengo, Ressacada, Brasileirão
Torcida do Avaí lotou a Ressacada e, mesmo com a derrota de virada por 2 a 1 para o Flamengo, aplaudiu o time (Foto: Tiago Ghizoni/NSC)

Quando uma equipe perde um jogo diante de sua torcida com estádio lotado e é aplaudida, é porque algo de positivo aconteceu. E foi isso que aconteceu na Ressacada neste domingo (24). O Avaí fez uma partida emocionante contra o Flamengo, foi organizado em campo e enfrentou o melhor time do Brasil de igual.

Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Detalhes tiraram a vitória ou pelo menos o empate do Avaí diante de um time que joga muito e decide seus jogos com a qualidade individual do elenco. O time catarinense mostrou muita organização tática e surpreendeu o Flamengo.

O Avaí foi melhor que o Flamengo no primeiro tempo e teve um gol mal anulado pelo árbitro de vídeo (VAR). Há vários erros no lance. Primeiro do goleiro do Rubro Negro, que saiu atrasado na bola, perdendo o tempo do lance, encostou em Bissoli e caiu sozinho. A bola sobrou e Pottker, de cabeça, marcou. O árbitro Rafael Klaus deu o gol e o VAR o chamou para olhar o lance.

Outro erro. Ele deu o gol e o assistente correu para o meio de campo sinalizando lance legal. Klaus estava no lance e, como maior autoridade em campo, não deveria ter visto o VAR. Era lance dele e sua marcação estava correta.

Ao anular o gol orientado pelo árbitro de vídeo, Vinícius Furlan, que nunca foi de primeira linha do futebol brasileiro, o árbitro de campo errou novamente. Perdeu a convicção e a televisão mostra e legalidade do lance.

Avaí sai na frente, mas perde de virada para o Flamengo

No começo do segundo tempo, em bela jogada de Natanael na linha de fundo, a bola foi parar na cabeça de Arthur Chaves e, novamente, o goleiro Santos saiu mal e tomou o gol do Avaí.

O time catarinense também reclama do primeiro gol do Flamengo, com a bola tocando na mão de Pedro, o autor do empate. O VAR não chamou Klaus sequer para conferir. Veio a virada em bonito lance do Flamengo e, novamente, com a conclusão do Pedro a vitória do adversário na Ressacada.

O Avaí acusou o golpe e recuou, perdeu um pouco da intensidade que teve no primeiro tempo. Algumas alterações também não surtiram efeito, mas eram obrigadas a ser feitas.

Wladimir foi espetacular em alguns lances, Arthur Chaves, Kevin, Ranieli, Bissoli e Pottker se destacaram no Avaí. Flamengo custou a encontrar o espaço para jogar em função da forte marcação azurra.

A torcida avaiana aplaudiu de pé a atuação do time e o técnico Eduardo Barroca saiu feliz pela entrega, pelo futuro, o segundo turno, pelo jogo que fez o seu time passando a esperança de que pode alcançar o objetivo de permanecer na Série A. Segundo o técnico, apenas os jogos fora de casa precisam ser melhor aproveitados pelo time a partir do returno, que começa domingo que vem contra o América, em Belo Horizonte.

Foi um domingo histórico na Ressacada, com quebra de recorde de público no estádio depois de 9 anos. Foram quase 18 mil torcedores.

Faraco: "Avaí mostra organização e competitividade em derrota no detalhe para o poderoso Flamengo"

Avaí 1 x 2 Flamengo

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Mais colunistas

    Mais colunistas