nsc
nsc

Esporte

Campeonato Catarinense 2021: com futebol pobre e sem ambição, dois gigantes estão fora da competição

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
22/04/2021 - 13h59 - Atualizada em: 22/04/2021 - 14h00
Brusque venceu o Próspera e se classificou
Brusque venceu o Próspera e se classificou (Foto: Brusque FC / Divulgação)

Pior do que não classificar entre os oito primeiros do campeonato é ser rebaixado para a segunda divisão. O fato ocorreu na quarta-feira a noite quando o futebol do Criciúma agonizava na UTI do hospital e teve sua morte decretada com a derrota para o Avaí por 1 a 0. Um dos gigantes do futebol catarinense sucumbiu a administrações mal conduzidas, péssima formação de elencos e uma morte anunciada há tempo e consagrada nesta quarta feira pela falta de futebol.

> Criciúma rebaixado e Figueirense eliminado são os fatos da primeira fase do Estadual

Tragédia

O Criciúma junta-se neste momento a outros gigantes que já provaram do péssimo gosto de disputar a Série B do Estado. Ocorreu com Figueirense, Joinville e Avaí em anos passados. Entra para a sua historia e não há outra solução senão a de rever o que tudo de errado está sendo feito no grande Criciúma.

Razões?

Uma coisa que nunca se reclamou em Criciúma é a falta de dinheiro. Pelo contrário. Ela nunca existiu. A falta de visão na montagem de grupo, times com limitações técnicas sem a qualidade necessária para buscar conquistas resultaram nisso mesmo. Aconteceu com o Criciúma que rebaixado para a segunda divisão catarinense continua na Copa do Brasil juntamente com  o Avaí e vão conhecer seus adversários na sexta feira na CBF.

Sem ambição

O empate do Figueirense com o Marcilio Dias mostrou uma outra grande equipe do Estado sem a necessária qualidade para avançar na competição. O alvinegro da capital vive momentos de grande dificuldade dentro e fora de campo. Desde a administração da empresa Elephante a coisa desandou no estádio Orlando Scarpelli.

No campo que é o que interessa um futebol pobre e de acordo com os problemas financeiros.

Não chegou sequer a um oitavo lugar que daria direito a continuar no estadual nas quartas de final.

> Campeonato Catarinense: definidos os classificados à segunda fase

Time fraco não jogou para classificar. Enquanto o Marcilio Dias corria riscos tentando a vitoria o Figueirense via o jogo passar. Uma frase do técnico Jorginho sintetiza o que foi o alvinegro. “Time que tem medo de perder não ganha”. Foi o que aconteceu.

Figueirense empatou sem gols com o Marcílio Dias no Scarpelli
Figueirense empatou sem gols com o Marcílio Dias no Scarpelli
(Foto: )

40 dias

O Figueirense tem agora tempo suficiente para uma avaliação criteriosa e buscar condições para a sequência do ano. Estria dia 29 de maio na serie C do Brasileiro contra um dos times mais fortes no momento do interior de ao Paulo, o Novo Horizontino. É preciso se recompor.

O técnico Jorginho sabe que a grande maioria do atual elenco não tem condições de ficar para uma serie C. Agir rápido é o que o alvinegro precisa.

O empate era um resultado servia desde que houvesse uma boa combinação de resultados. E ela estava acontecendo com derrotas do Concórdia e Prospera. O Hercilio Luz estragou a festa com um gol no fim do seu jogo contra o Joinville tirando a oitava vaga do Figueirense mostrando que tudo é possível quando se tem objetivos.

O Campeonato

Os resultados da quarta-feira não mostraram surpresa. Metropolitano e Criciúma estava no radar do rebaixamento a julgar o futebol que estava jogando. Aconteceu. Era do Juventus, pela campanha, a quarta vaga tão almejada. As três primeiras posições foram confirmadas com a Chapa dando show e Brusque e Avaí mostrando competência.

A discussão girava em torno das quatro outras posições. A única alteração não prevista foi a entrada do Hercílio Luz na oitava vaga exatamente pela incompetência do Figueirense. Os rebaixados estavam previstos.

> Figueirense posta que se classificou, mesmo eliminado no Catarinense, e internet não perdoa

E agora?

O cruzamento indica um jogo de grande equilíbrio no confronto. Marcilio Dias e Juventus. Imprevisível.

Brusque é favorito contra o Joinville, o Avaí também diante do Próspera e o Hercílio Luz enfrentará o melhor time do estado a Chapecoense , uma missão das mais difíceis.Para os Hercilístas o importante está na conquista da vaga para a Série A do ano que vem no estadual. Cumpriu sua primeira missão.

> Avaí é intimado pela Justiça do Trabalho por 15% da venda de Gabriel

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Mais colunistas

    Mais colunistas