nsc
    nsc

    APÓS CRIAÇÃO DE GABINETE DE CRISE

    À espera do Estado, Joinville não muda, ainda, o decreto de restrições

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    23/02/2021 - 17h24
    Adriano Silva, acompanhado da vice Rejane Gambin e do secretário Jean Rodrigues da Silva, anunciou ações na tarde desta terça-feira
    Adriano Silva, acompanhado da vice Rejane Gambin e do secretário Jean Rodrigues da Silva, anunciou ações na tarde desta terça-feira (Foto: Rogerio da Silva, divulgação)

    À espera do governo do Estado, a prefeitura de Joinville não vai alterar o atual decreto de medidas de restrição ao coronavírus, com prorrogação das normas por mais sete dias a partir desta terça-feira. Na quarta-feira, o governo estadual deve publicar uma série de novas regras referente ao distanciamento social. No momento em que sair a publicação, Joinville altera o decreto municipal, também na quarta.

    > Suspensão de cirurgias eletivas está entre novas medidas para combate ao coronavírus em Joinville

    > SC terá novas restrições e reforço policial para conter avanço do coronavírus

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

    Neste momento, a prefeitura de Joinville entende que uma série de ações são necessárias para preparar melhorar a rede de atendimento em caso de agravamento da pandemia. Por isso foi montado novamente o gabinete de crise, com formação de gabinetes temáticos. O gabinete é uma forma de contar com mais informações para antecipar as decisões em caso de maior gravidade da pandemia, como estratégia de evitar colapso no sistema de saúde, principalmente no atendimento hospitalar.

    Em relação às medidas de restrição, a avaliação é de que neste momento, os indicadores sobre a pandemia não apontam a necessidade de alterações no decreto. Mas as eventuais novas regras estaduais serão acompanhadas no município, assim como Joinville também poderá adotar mais restrições caso o acompanhamento da pandemia aponte maior agravamento.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas