nsc
    nsc

    Abastecimento

    Águas de Joinville tenta empréstimo internacional para trocar tubulação e reduzir perdas

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    17/10/2020 - 10h36 - Atualizada em: 17/10/2020 - 10h52
    FInanciamento com a agência francesa ainda está em tratativas pela Águas de Joinville
    FInanciamento com a agência francesa ainda está em tratativas pela Águas de Joinville (Foto: Arquivo AN)

    Um empréstimo de R$ 230 milhões junto à Agência Francesa de Desenvolvimento, ainda em tratativas, é uma das ações previstas pela Águas de Joinville para acelerar a redução nas perdas d’água na cidade. O financiamento, se contratado, será utilizado também na ampliação da rede de esgoto. Hoje, é perdida 41% da produção de água em Joinville, principalmente por causa de vazamentos.

    > Para plano de “prevenção”, Águas de Joinville quer descobrir espécie de alga

    > Prefeitura de Joinville vai tentar passar a conta das perdas dos ônibus para o Estado

    O plano é reduzir o desperdício para 25% até o final de 2025. Para cada ponto percentual de diminuição, são necessários R$ 8,3 milhões, em média. Dos R$ 140 milhões previstos para o enfrentamento das perdas, a metade será usada em troca de tubulações, principalmente em substituição aos ramais que ligam a rede às unidades de consumo: nos últimos meses, esses ramais externos passaram a ser trocados integralmente, em vez de apenas ser consertada a parte com vazamento.

    A medida vem sendo tomada para evitar os prováveis novos rompimentos no mesmo ramal. O restante dos recursos é para uso em hidrômetros e equipamentos de controle de pressão da água. Além da agência francesa, outras instituições estão sendo contatadas.

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas