nsc
    nsc

    Atendimento

    Centro de tratamento precoce em Joinville receita cloroquina para 121 pessoas; atendimento muda

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    03/09/2020 - 13h56
    Centro de tratamento precoce iniciou atendimento no último dia 17
    Centro de tratamento precoce iniciou atendimento no último dia 17 (Foto: Divulgação)

    Em operação desde o dia 17 de agosto, o centro de tratamento precoce do coronavírus em Joinville atendeu 430 pessoas até a última sexta-feira, com 121 pacientes recebendo indicação de cloroquina. Nesse mesmo período, foram realizados 268 exames para Covid-19. A expectativa era de maior demanda.

    > Estado confirma três mortes e 295 novos casos positivos de coronavírus em Joinville

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

    Nesta quinta-feira, com a diminuição na procura pelo atendimento na unidade instalada no bairro Boa Vista, a Secretaria de Saúde de Joinville informou novos procedimentos. O agendamento passa a ser feito apenas pelo telefone ou WhatsApp e o número de pacientes a ser atendido por dia foi reduzido de 70 para 25. O horário de atendimento foi alterado para o período entre 7h e 13h.

    O centro de tratamento precoce foi criado para abrir a possibilidade da oferta da cloroquina e ivermectina (entre outros medicamentos) em um só lugar, com testagem, avaliação médica, prescrição e entrega dos medicamentos em um só lugar. A cloroquina era oferecida anteriormente na rede pública. 

    Mas a demanda não se mostrou elevada no centro de tratamento precoce. Nos últimos dias, caiu a procura pelo atendimento por causa da redução de pessoas com sintomas gripais, situação que ocorreu não só na unidade do Boa Vista, mas também em outros locais da rede pública.

    Apesar da queda na procura, o centro de tratamento precoce será mantido. Um dos motivos é manter um espaço para a avaliação médica e indicação de qual atendimento deve ser prestado (referenciamento para a rede), inclusive para quem não tem interesse em se tratar com a cloroquina.

    > Hospital de Joinville é um dos selecionados do Brasil a realizar testes com remédios para Covid-19

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas