A implantação de vias marginais em toda a extensão da BR-101 na região Norte (entre Garuva e Barra Velha) e melhorias na manutenção, com preferência por trabalhos à noite, estão entre os principais pedidos das entidades empresariais de Joinville para a rodovia federal. As entidades se disseram favoráveis à repactuação, que ampliará o contrato de 2033 para 2048, mas fizeram cobranças.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

O documento assinado pela Acij, Acomac, Ajorpeme e CDL foi entregue ao coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, Valdir Cobalchini, após audiência pública sobre a prorrogação da concessão da rodovia. O encontro foi realizado em Joinville, na Acij. No ofício das entidades, são listadas multinacionais com atuação na cidade, além de referências às grandes, médias e pequenas. “Contudo, a logística e distribuição interna é refém de rodovias federais saturadas, notadamente a BR-101”, alegam as entidades.

Há reclamação sobre lacunas no contrato em vigor, iniciado em 2008, como ausência de vias marginais e de obras de maior porte, além de a concessão não prever pagamento por quilômetro rodado. Em outra observação crítica, é alegado que estudo sobre a BR-101, apresentado à ANTT há anos por grupo paritário (entidades, concessionária e agência), não foi observado – o trabalho apontou pontos críticos da rodovia e cobrança por melhorias.

Nos pedidos, está o cumprimento das propostas do grupo paritário, como a implantação das vias marginais entre Garuva e Barra Velha, por exemplo. As solicitações incluem adequação dos estudos à área de expansão urbana Sul e ao futuro Plano Viário. Nas demais demandas, independentemente da repactuação, estão as melhorias na sinalização, mais eficiência na conclusão das manutenções, com avaliação de realização de trabalhos à noite, para redução de impactos no trânsito.

Continua depois da publicidade

Qual obra tem mais chances de retomada em lote de duplicação em SC

Qual faixa etária tem maior crescimento no eleitorado de Joinville

Joinville reclama de proposta “insuficiente” e cobra mais obras na BR-101

Por que Fiesc quer saber quais serão os impactos de duplicações das BRs 280 e 470 na BR-101

Como se saíram trechos de SC em estudo sobre transporte de passageiros por trens

Sonho do contorno da BR-101 em Joinville tem chance de voltar ao debate

Proposta para a BR-101 em Joinville prevê ampliação de vias laterais

Destaques do NSC Total