nsc
nsc

Após acidente

Consórcio que atuou nas obras do Mathias em Joinville divulga nota

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
24/11/2021 - 13h39
Queda da calçada ocorreu na noite de abertura do Natal Cultural de Joinville, na segunda-feira
Queda da calçada ocorreu na noite de abertura do Natal Cultural de Joinville, na segunda-feira (Foto: Divulgação)

Em nota, o consórcio contratado para as obras do rio Mathias, cujo contrato foi rescindido no ano passado pela prefeitura, se manifestou nesta quarta-feira sobre o acidente ocorrido na noite de segunda-feira, com queda de 33 pessoas após desabamento de calçada. As empresas respondem às alegações da prefeitura e se dizem disponíveis, com documentação, para auxiliar nas investigações sobre as causas do acidente. Neste momento, IGP e prefeitura estão elaborando laudos sobre o que teria provocado o desabamento.

> Queda de calçada em Joinville foi entre obra do rio Mathias e antiga galeria, diz prefeito

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

A nota do consórcio lembra que os contratos de 2014 foram rescindidos de forma unilateral pela prefeitura em julho do ano passado. A prefeitura relatou que o acidente ocorreu em ponto de intersecção da galeria antiga do rio Mathias e as obras das comportas, junto à estação de bombeamento da macrodrenagem.

As empresas afirmam “repudiar” afirmações da prefeitura que “tentam vincular” o acidente com serviços realizados durante a macrodrenagem. O consórcio alega que não instalou as placas de laje que se romperam, “não tendo interferido nos serviços executados pelo município de Joinville no local”. "Os contratos de execução da obra do rio Mathias firmados com o consórcio já estavam rescindidos quando da intervenção na área, feita pela prefeitura municipal em 2021", apontou a nota. 

A manifestação do consórcio alega ainda que o local estava isolado, sem acesso à população, quando houve a rescisão contratual no ano passado. Portanto, a decisão de liberação do acesso não foi do consórcio. As empresas afirmam ainda “repugnar toda e qualquer suposição feita sem respaldo técnico sobre as causas desse acidente, as quais devem ser apuradas com responsabilidade e seriedade”.

> Plano mais antigo, robôs viram urgência para perícia em galerias de Joinville

> ​Prefeitura de Joinville quer avaliação estrutural em área do acidente

> ​Polícia Civil investiga causas do acidente no evento do Natal de Joinville

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas