nsc
nsc

Infraestrutura

Contorno ferroviário de Joinville deve ficar fora, mais uma vez, do orçamento da União

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
24/08/2020 - 11h21
Contorno de Joinville foi planejado para retirar a passagem dos trens na área urbana da cidade
Contorno de Joinville foi planejado para retirar a passagem dos trens na área urbana da cidade (Foto: Arquivo pessoal)

O contorno ferroviário de Joinville está correndo o risco de ficar fora do orçamento do governo federal para 2021. Na última versão da proposta orçamentária do DNIT, ainda em elaboração, a obra não está prevista – também não aparece a construção do novo traçado em São Francisco do Sul. No ano que vem, completa-se uma década de paralisação das obras dos dois contornos. Os novos ramais retiram a passagem dos trens de carga das áreas urbanas das duas cidades.

> Duplicações das BRs 280 e 470 com risco de contar com repasse menor em 2021

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

No primeiro relatório com a listagem de recursos pretendidos para 2021, o DNIT solicitou R$ 179,9 milhões para a obra em Joinville. Para o contorno de São Francisco do Sul, o pedido foi de R$ 74,5 milhões. Nesse caderno de propostas, o departamento esperava contar com R$ 15,8 bilhões para obras pelo País, incluindo a manutenção.

Só que na última versão, o montante foi limitado pelo governo federal em R$ 5,8 bilhões. Por isso, houve obras com previsão eliminada e outras com redução no valor inicial, como ocorreu com a duplicação da BR-280, por exemplo. No ano passado, ocorreu o mesmo, com o contorno ferroviário de Joinville previsto na versão preliminar e depois cortado antes mesmo da proposta chegar ao Congresso. A obra de São Francisco foi mantida, mas com valor reduzido.

Neste momento, o projeto do orçamento da União para 2021 ainda não está concluído. Mesmo que os contornos não estejam previstos na proposta, há possibilidade de ser incluídos por meio de emendas. No entanto, a prioridade do governo federal é a conclusão de obras já em andamento, o que reduz as chances de retomada dos novos ramais ferroviários na região.

Neste momento, estão em andamento novos estudos sobre o contorno de Joinville, principalmente por causa de mudança no futuro traçado. O trabalho será concluído no ano que vem. No entanto, se não houver previsão orçamentária, não será realizada a licitação para contratar empresa para a retomada das obras.

> Joinville tem 578 casos ativos e 232 mortes por coronavírus; veja por bairros

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas