Contratado no ano passado, o empréstimo de R$ 200 milhões da prefeitura de Joinville será usado também em passeios públicos, com construção de calçadas e novo paisagismo, além de iluminação. O conceito é de parque linear, conforme o município. O financiamento foi feito junto ao Banco do Brasil. A prefeitura está estudando novo empréstimo, com análise de fontes dos recursos.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Os novos passeios estão previstos para os dois bairros mais populosos de Joinville, Aventureiro e Paranaguamirim. As obras tiveram dispensa de licenciamento e as licitações serão realizadas neste ano. No pacote do financiamento, os principais investimentos serão em pavimentação e requalificação, como a segunda etapa da rua São Paulo, por exemplo. A construção da ponte da Nacar, atrás da Arena, está na lista. Conforme o prefeito Adriano Silva, os recursos do financiamento estão com destino definido.

Os dois empréstimos anteriores para infraestrutura também foram contratados com o Banco do Brasil. Os R$ 61,2 milhões assinados em dezembro de 2017 estão na fase final de utilização. Já os R$ 100 milhões contratados em 2019 ainda têm torno de R$ 25 milhões remanescentes, conforme resposta à Câmara de Vereadores no final do ano passado. Os recursos serão usados em pavimentação. O empréstimo de R$ 200 milhões, contratado em 2022, será pago até 2027. Os financiamentos anteriores tinham prazo de dez anos para quitação.

O que está previsto na primeira operação consorciada de Joinville

Continua depois da publicidade

Joinville prepara plano contra maus-tratos de animais; unidade móvel está em estudo

Empréstimo para construção da Ponte Joinville terá “reforço”

Retomada dos radares em Joinville está mais perto de começar

“Resposta” do Estado sobre obras em Joinville virá após ajuste fiscal

Joinville vai retomar pedidos de obras ao governo federal

Destaques do NSC Total