nsc
    nsc

    EM VIGOR DE DESDE JUNHO

    Isolamento obrigatório de idosos em Joinville deve ser revisto em setembro

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    31/08/2020 - 11h23
    Isolamento domiciliar dos idosos em Joinville foi determinado no final de junho pela prefeitura
    Isolamento domiciliar dos idosos em Joinville foi determinado no final de junho pela prefeitura (Foto: Mauro Schlieck, arquivo pessoal)

    O isolamento domiciliar dos idosos em Joinville poderá ser revisto ainda em setembro. A flexibilização será adotada caso se mantenha a tendência de queda na demanda por internações hospitalares por causa da Covid-19. A ampliação da testagem, caso se confirme, também será usada como parâmetro para o eventual fim da determinação de isolamento compulsório das pessoas com mais de 60 anos de idade. Essa e outras flexibilizações podem ocorrer a partir da segunda semana da setembro.

    > Volta dos ônibus em Joinville vai priorizar horário de pico por causa de ocupação; haverá redução de linhas

    > Secretaria de Joinville vê tendência de queda em internações por Covid-19 e prepara volta de cirurgias eletivas

    Ainda que a regra seja revista, o isolamento continuará sendo obrigatório, independentemente da idade, para pessoas com coronavírus ou que estejam aguardando os exames ou mesmo com sintomas. A partir de terça-feira, na retomada do transporte coletivo em Joinville, o isolamento dos idosos passa por uma certa flexibilização, com permissão de acesso aos ônibus, desde em que situações de necessidade.

    Na prática, o deslocamento será permitido para quem for trabalhar, comprar medicamentos ou alimentos ou receber atendimento em saúde. São as possibilidades previstas no decreto do isolamento. Desde o retorno anterior dos ônibus, no início de junho, as pessoas com mais de 60 anos não podiam embarcar.

    O decreto de isolamento dos idosos foi publicado no final de junho. Naquele momento, a pretensão era de manter a medida por duas semanas, embora não houve prazo previsto na publicação. No entanto, o agravamento da pandemia manteve a regra. A Defensoria Pública de Santa Catarina tentou derrubar o isolamento obrigatório por meio de ação judicial, sem sucesso.

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas