nsc
    nsc

    Prevenção

    Joinville estuda a compra de futuras vacinas contra coronavírus

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    13/10/2020 - 09h35
    Testes de vacinas também sendo realizados no Brasil
    Testes de vacinas também sendo realizados no Brasil (Foto: Itamar Crispim / Fiocruz)

    A Secretaria de Saúde de Joinville está estudando a compra de vacinas contra a Covid-19. O planejamento é contar com fornecimento assim que a imunização estiver disponível, em estratégia semelhante à adotada, por exemplo, pela prefeitura de São Paulo – que já tem contrato para fornecimento em dezembro, caso os testes com a vacina estejam concluídos até lá. “Estamos com três frentes abertas”, diz o secretário de Saúde de Joinville, Jean Rodrigues da Silva.

    > Em outubro, Joinville mantém queda em novos casos de coronavírus

    > Volta às aulas em Joinville: rodízio não será adotado se houver adesão reduzida ao presencial

    Em agosto e setembro, o governo do Estado confirmou tratativas semelhantes. O governo federal já tem reservas de recursos para a produção de vacinas no País, caso se comprovada a eficácia nos testes. Há outras iniciativas pelo País envolvendo a busca do fornecimento da imunização.

    Por enquanto, há várias vacinas em testes pelo mundo (inclusive no Brasil) em diferentes estágios, mas ainda sem validação da eficácia.Em Joinville, o planejamento será distribuir a imunização para toda a população, assim que houver a oferta. Se não houver fornecimento inicial em larga escala, a estratégia será iniciar a vacinação pelos profissionais de saúde e os grupos de risco para a Covid-19 e depois estender para os demais moradores. Os contatos da Secretaria de Saúde de Joinville neste momento são para encontrar uma forma de garantir a oferta já na fase inicial de disponibilidade das vacinas.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas