Mais um projeto para mudar a lei sobre o incentivo à cultura foi apresentado em Joinville. Depois da proposta feita pela bancada do Novo na semana passada, agora é a vez do vereador Cleiton Profeta (PL) sugerir as alterações no Simdec. O parlamentar se disse surpreso pelo projeto do Novo, afinal, só não apresentou sua proposta antes porque foi informado pela Secretaria de Cultura e Turismo no início do ano que a modificação viria pelo Executivo. As duas propostas devem ser unidas (apensadas) em projeto único.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Profeta se diz feliz por ter sido “copiado” e alega que sua proposta preenche lacunas no projeto dos vereadores do Novo. “Fico feliz porque agora o projeto será aprovado”, disse o vereador, em referência ao apoio da bancada governista. Um dos dispositivos da proposta de Profeta é a obrigatoriedade de os autores dos projetos culturais comprovarem o alcance de pelo menos 51% do público pretendido na apresentação da proposta. “O projeto cultural tem que ter demanda. É como uma ponte: precisa ligar um lugar a outro”, diz ele,

Há previsão de contrapartida social pelos projetos culturais. A proposta do vereador quer utilização de mão-de-obra exclusivamente de Joinville na execução dos projetos aprovados pelo Simdec. Na esfera das penalidades, o projeto prevê multa equivalente ao dobro do valor do projeto em caso de irregularidades no uso dos benefícios ou de ausência de prestação de contas, entre outras punições – como exclusão do Simdec por cinco anos.

Profeta aponta seu projeto como forma de o sistema de incentivo à cultura atender melhor às demandas da população, com mais eficiência e transparência em uso de recursos públicos. A proposta do Novo tem como principal sugestão impor mais regras, como proibição de projetos que tenham intenção de promover ou depreciar “ideologias políticas, religiosas, raciais e/ou culturais que apresentem caráter sectário ou discriminatório”.

Continua depois da publicidade

Quando as novas obras de duplicação serão concluídas em Joinville

Após quase quatro anos, Joinville volta ter obra de duplicação

Por que prefeitura de Joinville recorre ao STJ em ação sobre subsídio dos ônibus

Nova passarela “estreia” em praia de Santa Catarina

Mobilização por superciclovia quer criar nova rota de cicloturismo em SC

Qual o futuro da “maior obra” de Joinville

Obra de duplicação vai alterar trânsito em acesso a Joinville; trechos de vias terão mão única

Destaques do NSC Total