nsc
nsc

SERÃO GERÊNCIAS

Adriano inicia nova fase nas subprefeituras de Joinville; veja lista dos nomeados

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
06/02/2021 - 09h49 - Atualizada em: 08/02/2021 - 11h29
Participação na pavimentação comunitária está entre as atribuições das subprefeituras em Joinville
Participação na pavimentação comunitária está entre as atribuições das subprefeituras em Joinville (Foto: Salmo Duarte, Arquivo AN)

* Atualizada com a lista dos gerentes nomeados.

Sem a necessidade de reforma administrativa, o governo Adriano Silva começou a mudar as subprefeituras de Joinville, com alterações na estrutura, e, principalmente, no modelo de escolha dos titulares. As nomeações dos responsáveis pelas pastas foram anunciadas nesta segunda-feira, com escolha de engenheiros (veja lista abaixo).

> Joinville continua em “gravíssimo”; risco só deve recuar no final do mês

> Volta às aulas em Joinville: tudo que você precisa saber

> Joinville dá largada para projeto de “novo” acesso pela BR-101

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

No novo formato, as oito subprefeituras de Joinville serão comandadas por gerentes. Como não existe esse cargo nas subs (a exceção é Pirabeiraba), foi adotada a fórmula de “transferir” gerências já existentes. Assim, gerentes da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) serão os responsáveis. Em um exemplo, o gerente de pavimentação da Seinfra, ainda a ser nomeado, vai tocar a Subprefeitura Oeste. Dessa forma, as subs ganham gerentes sem a necessidade de mudar a lei – ainda que, como virou regra em Joinville nas mudanças de governo, a alteração possa ser feita em futura reforma administrativa, no início do segundo semestre.

O secretário de Infraestrutura, Jorge Correia de Sá, foi nomeado subprefeito interino das oito unidades, de forma cumulativa. Os gerentes a serem nomeados serão engenheiros selecionados no processo seletivo – há pelo menos 200 currículos disponíveis de profissionais da área. Até houve uma tentativa de escolha de servidores efetivos para os cargos, mas não avançou.

A nomeação de profissionais escolhidos por meio de processo seletivo rompe a tradição, na maioria dos casos, de indicação política para as subprefeituras e estruturas anteriores (administrações e secretarias regionais). O governo Udo reduziu as 14 regionais para as atuais oito subprefeituras, mas aceitou indicações de vereadores para os cargos, como já ocorria com os antecessores. As regionais foram criadas no final da década de 1970 e passaram por transformações.

Para 2021, o orçamento das subprefeituras será de R$ 55,5 milhões, uma média de R$ 7 milhões por unidade. Com as mudanças, o método de indicação por vereadores é descartado, acabando com interferência política do Legislativo nas nomeações. O modelo de gerências, com comando centralizado na Seinfra, também reduz a autonomia das subprefeituras – os responsáveis, por exemplo, deixam de ser cargos de primeiro escalão. Em relação à eventual mudança nas atribuições das pastas, ainda não há manifestação do governo Adriano.

Os gerentes das subprefeituras

Centro-norte: Elisângela Bresciani

Leste: Pedro Durieux Neto

Nordeste: Fernando de Paula Cordeiro

Oeste: Juliano Batista Branco

Sudeste: Marcelo Soares dos Santos

Sudoeste: Paulo Sérgio Messias Dourado

Sul: Cleison Roberto Ortiz de Leão

Pirabeiraba: Vitor Bolonhesi Oliveira

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas