nsc
    nsc

    Infraestrutura

    Joinville tenta novo elevado em rótula da zona Norte

    Compartilhe

    Saavedra
    Por Saavedra
    21/03/2021 - 10h40
    Rótula da Dona Francisca com Marquês de Olinda tem proposta de receber elevado
    Rótula da Dona Francisca com Marquês de Olinda tem proposta de receber elevado (Foto: Google Maps, Reprodução)

    A ampliação da extensão da duplicação do trecho urbano da rua Dona Francisca, com construção de elevado na rótula do Tecelão, continua no radar do grupo de trabalho formado em Joinville para acelerar uma série de investimentos viários na região Norte. “Vamos trabalhar para que o projeto inclua essa expansão”, resume o secretário de Planejamento Urbano de Joinville, Marcel Virmond. Além da prefeitura, governo do Estado e Acij fazem parte do grupo de trabalho das obras.

    > Estado contrata projeto para futura duplicação em Joinville

    > Incêndio na Cidadela Antarctica de Joinville é "crônica de uma tragédia anunciada", diz Conselho de Cultura

    No início deste mês, o governo do Estado lançou edital para contratar o projeto de duplicação da Dona Francisca. Os trechos escolhidos foram entre a rótula da Schulz e Whirlpool até a Edmundo Doubrawa e dali até a BR-101. É um traçado mais ao Norte da rua, junto ao Distrito Industrial. A reunião realizada nesta semana em Joinville quer a inclusão de mais trechos, entre as rótulas do Tecelão (Dona Francisca com Marquês de Olinda, perto da Döhler) até a rótula da Schulz e Whirlpool.

    É um dos locais mais movimentados de Joinville e sempre fez parte da proposta original de duplicação da Dona Francisca. Ao Norte, o pedido será para inclusão de mais 500 metros da duplicação da rua, até o acesso à Estrada da Ilha. O elevado pretendido para a rótula do Tecelão seria mais simples, com apenas uma alça.

    Há um outro elevado já previsto para a Dona Francisca, justamente entre as rodovias Edgar Meister e Hans Dieter Schmidt, na rótula da Schulz. O projeto foi contratado pela Acij e o edital da obra está perto de ser lançado pelo governo do Estado. As estradas Edgar Meister e Hans Dieter continuam em duplicação pelo Estado.

    Mais colunistas

      Mais colunistas