Joinville terá de abrir novos agendamentos para a vacinação de pessoas com comorbidades e doentes crônicos, ainda sem data definida porque há necessidade de recebimento de mais doses. Neste momento, já foi aplicada a primeira dose em 75% desse grupo prioritário (a estimativa é de sejam 35 mil pessoas com comorbidades na cidade, meta que poderá ser superada). Há ainda mais de 6 mil horários já agendados. Ainda assim, será preciso abrir mais vagas para a conclusão da imunização. Até agora, são 26,4 mil pessoas com comorbidades já vacinadas com a primeira dose. 

Continua depois da publicidade

> Vacinação contra Covid é suspensa em Jaraguá do Sul por falta de doses

> Início da vacinação de professores em Joinville contra Covid depende da chegada de mais doses

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Em situação diferente da observada em parte dos municípios de Santa Catarina, a vacinação das pessoas com comorbidades deverá até ultrapassar a meta estimada. Em outras cidades, houve pedidos de prefeituras para iniciar a imunização de mais grupos porque há doses disponíveis porque a demanda do grupo de comorbidades ficou abaixo do esperado.

Continua depois da publicidade

O governo do Estado autorizou o início da vacinação dos profissionais da educação (os professores da educação especial na primeira etapa), entre outros grupos. Joinville aguarda a chegada de mais doses da vacina para dar início à imunização na educação. Dependendo da quantidade de imunizantes, a aplicação até pode ser simultânea entre os grupos.

> Nova matriz em Joinville muda regras sanitárias da Covid para igrejas e eventos sociais

> Joinville reabre postos de saúde fechados durante agravamento da pandemia

> Extrema pobreza cresce na pandemia e atinge 20,3 mil pessoas em Joinville

Destaques do NSC Total