nsc
nsc

Investimentos

Pacote de obras viárias é o desafio de Moisés em Joinville; veja situação de cada uma

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
08/05/2021 - 08h47
No ano passado, governador Moisés fez visita às obras de duplicação de acesso ao Distrito Industrial
No ano passado, governador Moisés fez visita às obras de duplicação de acesso ao Distrito Industrial (Foto: Divulgação)

O anúncio de R$ 9 milhões para a construção de ponte ampliou ainda mais a lista de investimentos em obras viárias prevista para Joinville pelo governo do Estado. A garantia do repasse para a ligação entre as ruas Aubé e Plácido Olímpio de Oliveira foi feita pela então governadora em exercício Daniela Reinehr em visita à Acij. Joinville tenta incluir mais demandas, como a ponte da Anêmonas, na zona Sul, e contar com a adesão do Estado a outros investimentos (veja lista abaixo). O pacote de obras é o principal desafio de Carlos Moisés na volta comando do governo do Estado.

> Inicia recuperação de rua no Centro de Joinville; proposta de calçadão é descartada

> Receba notícias de Joinville e do Norte de SC por WhatsApp

Neste momento, a única obra de infraestrutura estadual em andamento em Joinville é a duplicação das estradas de acesso ao Distrito Industrial pela BR-101. Além de facilitar o tráfego de cargas para as indústrias do entorno, a obra vai duplicado o caminho entre a rodovia federal e o aeroporto. Os trabalhos no segmento de quase 6km devem ser concluídos até o final do ano.

Há previsão de uma obra complementar nesse eixo, a construção de elevado sobre a Dona Francisca. O projeto, contratado pela Acij, está com o governo do Estado. No entanto, o edital da licitação não foi lançado. A duplicação de trecho da Dona Francisca na região industrial tem licitação para o projeto, ainda em andamento. Também está em fase de contratação do projeto da revitalização da SC-418 (Serra Dona Francisca) entre Joinville e Campo Alegre.

Ainda ao Norte de Joinville, há os pedidos de aberturas do Eixo K (via dentro do Distrito Industrial) e da Almirante Jaceguay (acesso à BR-101), em demandas ainda em estudo pelo governo do Estado. A ponte da Aubé passou a fazer parte da lista (veja abaixo a situação de cada demanda).

A situação de cada obra

Duplicação das rodovias Hans Dieter Schmidt e Edgard Meister

As obras do acesso ao Distrito Industrial de Joinville pela BR-101 deslancharam no ano passado e em torno de 40% estão executados. A duplicação dos 5,7 km deve ser concluída até o final do ano ou início de 2022.

Elevado no Distrito Industrial

A obra entre as estradas Hans Dieter e Edgar Meister, sobre a Dona Francisca, está encaminhada, mas o edital de licitação previsto para o primeiro trimestre ainda não saiu, talvez pelas turbulências das trocas de governo. O projeto, contratado pela Acij, foi entregue ao Estado no ano passado.

Eixo K

A abertura da via projetada no Distrito Industrial também tem projeto entregue ao Estado, mas não conta ainda com previsão de lançamento de edital.

Duplicação da Dona Francisca

A licitação para a contratação do projeto de duplicação do trecho de 5,8 k entre a rótula da Schulz até a BR-101está na fase final. Após a conclusão do projeto, em 2022, será a vez de buscar os recursos. Há uma cobrança em Joinville para ampliação do trecho a ser duplicado, com início na Döhler.

Recuperação da SC-418 (Serra Dona Francisca)

Também está em fase de licitação do projeto. Um dos trechos a ser revitalizado fica entre Joinville e Campo Alegre, uma insistente demanda da região. Mas não ainda previsão de fonte de recursos.

Abertura da Almirante Jaceguay

A conclusão da via entre a rua Blumenau e a BR-101 está em tratativas há décadas, houve reforço na cobrança a partir do ano passado, mas não há nenhuma sinalização de que poderá sair do papel a curto ou médio prazos.

Ponte da Aubé

Em anúncio até surpreendente da então governadora Daniela Reinehr na última segunda, a ligação entre as ruas Aubé e Plácido Olímpio de Oliveira voltou à pauta com a promessa de repasse pelo Estado. Mas, como as demais pontes de Joinville, está “perto de sair”, mas sem data para licitação.

Ponte da Anêmonas

Outra ponte que esteve na “iminência” de sair, conforme o governo anterior, mas que continua sem nenhuma previsão de obras. A atual administração defende a obra, quer recursos do Estado, mas a ligação entre os bairros Guanabara e Fátima ainda tem pendências, como o licenciamento ambiental.

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas