nsc
nsc

Legislativo

Proposta na Câmara de Joinville quer obrigar prefeitura a atender emendas na saúde

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
08/09/2021 - 15h51
Proposta de emenda à Lei Orgânica precisa de 13 votos para ser aprovada
Proposta de emenda à Lei Orgânica precisa de 13 votos para ser aprovada (Foto: Mauro Schlieck, CVJ, Divulgação)

Um grupo de dez vereadores de Joinville apresentou projeto para tornar obrigatório o atendimento das emendas ao Orçamento na área da saúde. “É o momento oportuno de acrescentarem novas programações orçamentárias com o objetivo de atender às demandas das comunidades que representam”, alegam os autores, na justificativa do projeto.

> Com 12 mil ausentes, Joinville abre reagendamento para segunda dose de vacina da Covid

> Receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

A proposta prevê a reserva de 1% da receita corrente líquida da prefeitura para as emendas impositivas na saúde. O montante seria dividido de forma igualitária para as emendas dos 19 vereadores. Se o parâmetro for o último balanço da Lei Fiscal, seriam R$ 24,5 milhões, com cada parlamentar com direito a apresentar emendas de R$ 1,28 milhão, portanto. O recurso não pode ser usado em pagamento de pessoal e custeio.

A iniciativa partiu do vereador Cassiano Ucker (Cidadania) e teve assinaturas também de Ana Lucia Martins (PT), Brandel Junior (Podemos) Cláudio Aragão (MDB), Lucas Souza (PDT), Mauricinho Soares (MDB), Nado (Pros), Sales (PTB), Sidney Sabel (DEM) e Tânia Larson (PSL). Como se trata de emenda à Lei Orgânica de Joinville, são necessários pelo menos dois terços para a aprovação.

Na legislatura anterior, também foi apresentada proposta de criação de emendas impositivas, como já ocorre no Congresso Nacional. A proposta em Joinville seria para utilização das sobras do orçamento da Câmara, com limite de até 1% da receita da prefeitura. Metade da quantia teria de ser para a saúde. O projeto não foi aprovado.

> Planos para o Centro de Joinville incluem travessa e "Quadra da Cultura" na Quinze

> Cadastro recebe mais registros e Joinville tem 22,5 mil pessoas na extrema pobreza

> Cidade que mais cresceu em SC, Araquari alega avanço ainda maior

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas