Uma pesquisa pela internet está nos planos da prefeitura de Joinville para a consulta à população sobre a proposta de novo binário da zona Sul, entre as ruas Monsenhor Gercino e Florianópolis. A sugestão de implantação de mão única também será feita por meio de reuniões presenciais. A divulgação da proposta começa em setembro. A extensão ainda não foi divulgada, mas será um dos maiores binários da cidade. A Câmara de Vereadores também deverá participar da iniciativa, por meio de formação de comissão especial.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

No estudo sobre o binário, serão apresentadas simulações com estimativas médias de redução de tempo de tráfego, seja para motoristas, ciclistas e usuários do transporte coletivo. O histórico dos binários de Joinville, como João Colin-Blumenau, Getúlio Vargas-São Paulo, Iririú, entre outros, será apresentado como modelo de sucesso para a melhoria da mobilidade.

A Câmara de Vereadores, a pedido do governo Adriano Silva, vai participar da discussão. O vereador Lucas Souza (PDT), propôs a formação de uma comissão especial para ouvir a população da zona Sul sobre a proposta. Não há necessidade de uma alteração viária ser submetida aos vereadores, a contribuição do Legislativo será na apresentação e consulta sobre o binário.

Um binário na zona Sul vem sendo discutida desde a década passada, mas dada a complexidade, como sentidos a serem adotadas entre as ruas transversais e localização dos pontos de ônibus, a discussão não foi levada adiante. A requalificação das vias também é uma necessidade.

Continua depois da publicidade

Duas cidades concentram 28% da frota de veículos eletrificados de SC

Como decreto poderá atender até 5 mil lotes em praia de SC

Ação sobre subsídio dos ônibus em Joinville chega ao STJ

Projeto quer mudar o nome da BR-101 em Santa Catarina

Ipreville recebe proposta e avalia compra de nova sede por R$ 9,5 milhões

Inclusão no PAC não garante retomada das obras do Mathias, em Joinville

Lista de concessões de Joinville tem “favoritas” para sair do papel

Destaques do NSC Total