nsc
nsc

ENCONTRO NA CÂMARA

Sem laudos prontos, reunião sobre queda da calçada em Joinville não aponta causas

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
08/12/2021 - 15h48 - Atualizada em: 08/12/2021 - 16h54
Reunião sobre causas do desabamento da calçada, ocorrida no mês passado, foi realizada nesta quarta
Reunião sobre causas do desabamento da calçada, ocorrida no mês passado, foi realizada nesta quarta (Foto: Mauro Schlieck, CVJ, Divulgação)

Sem a conclusão dos laudos e perícias, ainda em elaboração, a reunião na Câmara de Joinville desta quarta-feira não trouxe avanços no esclarecimento das causas do desabamento da calçada na Beira-rio no último dia 22, na abertura do Natal Cultural. Para o secretário de Infraestrutura, Jorge Correia de Sá, seria “irresponsável” apontar eventuais culpados “sem um documento que comprove as causas”. Os representantes da prefeitura ficaram de apresentar laudos na Câmara quando as perícias ficarem prontas.

> Iluminação, wi-fi e câmeras de segurança: veja as PPPs planejadas para Joinville

> ​Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Um dos temas questionados na reunião da Comissão de Urbanismo pelos vereadores Lucas Souza (PDT) e Sidney Sabel (DEM) foi referente às obras de recomposição da calçada no entorno da estação de bombeamento do rio Mathias. As intervenções foram realizadas neste ano. Um dos questionamentos foi sobre o licenciamento da obra.

Para a Seinfra, como se tratava de intervenção de zeladoria, sem afetar o meio-ambiente, não havia necessidade de autorização pela Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente. Também presente, a Águas de Joinville informou que está preparando a verificação do local onde ocorreu o acidente e entorno porque ali cruzam tubulações de adutoras, de 300 e 600 mm. O trabalho deve ser concluído ainda neste mês, com informações coletadas repassadas para a Seinfra.

Por causa das perícias e verificação das condições da antiga galeria do rio Mathias, o trânsito na Beira-rio, nas imediações do local do acidente, vai continuar interditado no local do acidente por prazo indeterminado. O reparo só vai iniciar após a conclusão das causas da queda da calçada.

> Impacto do reajuste dos servidores da prefeitura de Joinville será de R$ 158 milhões

> Sem uso há mais de uma década, prédio público de Joinville “fecha” acesso

> Hidrovia entre Joinville e São Francisco do Sul será “reformada”

> Joinville mantém liderança no ICMS e terá fatia maior em 2022

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas