nsc
nsc

Agravamento da pandemia

Toque de recolher de Joinville tem previsão de multa

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
08/03/2021 - 16h50 - Atualizada em: 08/03/2021 - 16h59
Objetivo é reduzir circulação de pessoas no período noturno em Joinville
Objetivo é reduzir circulação de pessoas no período noturno em Joinville (Foto: Divulgação)

O toque de recolher determinado pela prefeitura de Joinville também prevê multa, assim como em caso de não uso da máscara ou descumprimento das demais medidas sanitárias. O decreto publicado nesta segunda-feira, com regras valendo a partir de quarta-feira, proíbe a circulação de pessoas entre as 22h e 6h – só poderá estar em deslocamento quem estiver se movimentando para serviços e atividades consideradas essenciais (trabalhadores dos setores essenciais ou usuários que buscam usar um serviço essencial com funcionamento permitido). Todas as regras do novo decreto valem até 28 de março.

> Joinville limita horário do comércio e determina toque de recolher em novo decreto

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

O decreto prevê multa entre 11 e 20 UPMs (entre entre R$ 3,4 mil e R$ 6,3 mil) em caso de descumprimento do toque de recolher. A fiscalização também fará a orientação para que as pessoas se dirijam para suas casas. O principal objetivo da medida é reduzir a possibilidade de transmissão do coronavírus por meio de menor circulação de pessoas. É a primeira vez que a medida é tomada na cidade durante a pandemia por meio de iniciativa da prefeitura de Joinville.

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas