nsc
nsc

Retomada

Volta às aulas em Joinville: com baixa adesão, rodízio não será adotado nas escolas e CEIs municipais

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
22/10/2020 - 10h18
Retomada das aulas presenciais na rede municipal de Joinville será escalonada, dividida em três semanas
Retomada das aulas presenciais na rede municipal de Joinville será escalonada, dividida em três semanas (Foto: Divulgação)

A baixa adesão ao ensino presencial na rede municipal vai levar a Secretaria de Educação de Joinville a descartar o rodízio de alunos nas salas de aula. O protocolo previa 30% de cada turma por semana por vez – os demais permaneceriam apenas no ensino remoto. No entanto, o revezamento não será usado porque nem 30% de cada turma vão retornar, conforme o que as consultas aos pais vêm apontando, com expressiva maioria preferindo que os filhos se mantenham apenas no ensino à distância. O ensino presencial não será obrigatório.

> Matriz de risco para pandemia recua e “confirma” volta às aulas em Joinville

> Joinville reduz leitos exclusivos para coronavírus em 25% em outubro

A retomada escalonada está mantida, com volta na primeira semana apenas dos alunos dos nono e quinto anos do ensino fundamental, segundo período da educação infantil e ensino de jovens e adultos (EJA). Os demais níveis retomam nas semanas seguintes. O retorno das aulas presenciais nas redes municipal e particular será no dia 3 de novembro, data confirmada nesta quinta-feira com a atualização da matriz do governo do Estado (o recuo de “grave” para “alto” permite o ensino presencial). Na rede estadual, a retomada será para aulas de reforço, em calendário a ser divulgado pelas escolas após a validação dos planos de contingência.

Em consulta a 19 mil famílias de alunos matriculados na rede municipal, apenas 10% concordaram com a volta ao ensino presencial. O índice se mantém em quase todos as etapas de ensino, sem variações significativas. Ou seja, em nenhuma das etapas será alcançada a marca de 30%. Assim, não há necessidade de rodízio. Há possibilidade até de reunião de turmas em uma só sala (sem passar de 30% da capacidade) – a decisão será de cada escola.

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas