nsc
    nsc

    Lúpulos e taninos

    Cervejas com uva produzidas em SC ganham reconhecimento internacional

    Compartilhe

    Santa
    Por Santa Cerveja
    22/09/2020 - 07h00
    Barris de vinho
    Cervejas grape ale são sazonais e dependem da colheita da uva (Foto: Vince Veras / Unsplash)

    Vinho ou cerveja? O meio termo é possível, e não estamos falando dos famigerados chopes de vinho que se popularizaram em Santa Catarina - especialmente na Oktoberfest e outras festas no Vale do Itajaí. O estilo de cerveja chamado de grape ale tem se popularizado nas cervejarias artesanais brasileiras, especialmente nas regiões que também possuem tradição com vinícolas, e recentemente rendeu uma premiação internacional para Santa Catarina.

    > Cinco estilos de cerveja que harmonizam com pizza

    Com uva moscato na receita, uma grape ale produzida pela cervejaria Al Fero Birrificio, de Nova Trento, foi medalhista no World Beer Awards 2020, um dos maiores concursos cervejeiros do mundo, no começo do mês. O rótulo Baron de Charlach nasceu como uma ideia da cervejaria para homenagear a cultura italiana de Nova Trento, e a cerveja é fruto da parceria com uma vinícola local.

    - Todos que apreciam o mundo da cerveja artesanal querem coisas diferentes, inovadoras, surpreendentes. As Grape Ales propiciam isso, misturam dois mundos num único produto - destaca o sócio e sommelier da Al Fero, Érico Marchi.

    Entre o lúpulo da cerveja e o tanino dos vinhos, as grape ales trazem também o charme da sazonalidade. Como dependem da colheita das uvas, as cervejas são feitas em safras e podem ter algumas variações a cada ano, além de terem o potencial de guarda por um longo período. Lançado recentemente no Paraná, o rótulo Pura Birra, parceria da vinícola Legado (de Campo Largo) com a cervejaria Morada Cia Etílica, é um exemplar de grape ale do Sul do Brasil feito com uvas cabernet sauvignon e que rendeu apenas 500 garrafas.

    No caso da catarinense Al Fero, além da Baron de Charlach a cervejaria acabou de lançar também a Trènt, uma cerveja IPA que também tem uva moscato na receita. A variedade foi escolhida por ser a mais comum na produção de vinhos em Nova Trento, mas segundo Marchi a cervejaria está pesquisando outras uvas para lançar novas opções.

    - A Baron de Charlach foi nossa primeira Italian Grape Ale a ir ao mercado, e a aceitação sempre foi muito boa. A base utilizada foi uma Saison e foram adicionados, antes da fermentação, 30% de mosto de uva moscato. É uma cerveja de presença, muito frutada e condimentada - diz o sommelier.

    Trent al fero
    Cerveja Trènt, da Al Fero, é uma Brut IPA com uva moscato
    (Foto: )

    > Cervejaria de Blumenau lança rótulo com maturação em barris para celebrar aniversário

    > As cervejas artesanais de Santa Catarina que você precisa conhecer

    Por Lucas Paraizo

    lucas.paraizo@somosnsc.com.br

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas