nsc
    nsc

    Mandatos

    Menos deputados candidatos a prefeito em SC: eleições 2020 confirmam tendência

    Compartilhe

    Upiara
    Por Upiara Boschi
    05/10/2020 - 11h27 - Atualizada em: 05/10/2020 - 11h47
    Alesc tem o número número de deputados candidatos a prefeito ou vice da história recente
    Alesc tem o número número de deputados candidatos a prefeito ou vice da história recente (Foto: Bruno Collaço, Agência AL/Divulgação)

    As eleições 2020 atraíram apenas quatro deputados federais e quatro deputados estaduais para a disputa por vagas de prefeito e vice-prefeito em Santa Catarina. O número de oito parlamentares é igual ao de 2000, piso histórico de candidaturas desde a redemocratização, mas aponta uma tendência que já vinha das últimas duas eleições: poucos candidatos-parlamentares, pouquíssimos eleitos.

    > Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    Chama mais atenção ainda o pouco apetite pela disputa deste ano na Assembleia Legislativa. Serão quatro postulantes entre os 40 parlamentares - o menor número da história recente, considerando as eleições de 1988 em diante. As quatro candidaturas, todas as prefeito, são: Fernando Krelling (MDB), em Joinville, Ivan Naatz (PL) e Ricardo Alba (PSL), em Blumenau, e Rodrigo Minotto (PDT), em Criciúma.

    Os deputados candidatos a prefeito e vice-prefeito
    COMO SERÁ EM 2020
    4 DEPUTADOS FEDERAIS

    Angela Amin (PP) - Florianópolis - prefeita
    Suplentes: Nilson Stainsack (PP) e Cesar Souza Junior (PSD)

    Carmen Zanotto (Cidadania) - Lages - prefeita
    Suplente: Norma Pereira (PSDB)

    Darci de Matos (PSD) - Joinville - prefeito
    Suplentes: Nilson Stainsack (PP) e Cesar Souza Junior (PSD)

    Pedro Uczai (PT) - Chapecó - vice-prefeito
    Suplente: Ana Paula Lima (PT)

    4 DEPUTADOS ESTADUAIS

    Fernando Krelling (MDB) - Joinville - prefeito
    Suplente: Dirce Heiderscheidt (MDB)

    Ivan Naatz (PL) - Blumenau - prefeito
    Suplente: Jaksom Castelli (DEM)

    Ricardo Alba (PSL) - Blumenau - prefeito
    Suplente: Sargento Floriano (PSL)

    Rodrigo Minotto (PDT) - Criciúma - prefeito
    Suplente: César Valduga (PCdoB)

    Na bancada federal houve aumento em relação às últimas duas eleições, quando apenas dois deputados tentaram a sorte - sem sucesso. Este ano, quatro dos 16 parlamentares se propuseram a enfrentar essa tendência negativa: Angela Amin (PP), em Florianópolis; Carmen Zanotto (Cidadania), em Lages; Darci de Matos (PSD), em Joinville; e Pedro Uczai (PT), em Chapecó. O petista é postulante a uma vaga de vice-prefeito, enquanto os colegas de Brasília são cabeça-de-chapa em seus municípios.

    Upiara: Mudança nas regras explica explosão de candidaturas a vereador em SC

    Se forem eleitos, os deputados-candidatos provocam alterações na composição da bancada federal em Brasília e na Alesc. Assim, são oito suplentes de olho no sucesso de suas candidaturas. Nomes como os das ex-deputadas estaduais Ana Paula Lima (PT) e Dirce Heiderscheidt (MDB) e do ex-prefeito de Florianópolis Cesar Souza Junior (PSD) podem ser beneficiados (veja no gráfico quem são os suplentes de todos os candidatos).

    Anderson: 20 dos 23 vereadores buscam a reeleição em Florianópolis

    Mas para isso será preciso muita torcida. A redução do número de deputados que concorrem a prefeito ou vice já se verificou em 2012 e 2016, quando nove nomes entraram na disputa - dois federais e sete estaduais em ambas as vezes. Mas o número que deve assustar os candidatos é o de eleitos. Em 2012 foram apenas dois (Cesar Junior em Florianópolis e Elizeu Mattos, do PMDB, em Lages) e nas eleição passada somente Gean Loureiro, deputado estadual pelo PMDB), em Florianópolis. teve sucesso.

    Renato Igor: Deputados estaduais elogiam extintas secretarias regionais

    Essa história já foi diferente, tanto em número de candidatos quanto de eleitos. Na história política contemporânea, o recorde de postulantes foi em 1996, quando cinco deputados federais e 13 deputados estaduais disputaram as eleições municipais. Dos 18 deputados-candidatos, seis venceram - incluindo nomes como os então deputados federais Luiz Henrique da Silveira (PMDB) e Leonel Pavan (à época no PDT), eleitos em Joinville e Balneário Camboriú e que anos mais tarde seriam governadores de Santa Catarina.

    Na eleição anterior, 1992, eram 14 deputados-candidatos, mas o número de eleitos foi o maior da história: sete prefeitos, entre eles Eduardo Pinho Moreira (PMDB), em Criciúma, que também viria a ser governador do Estado anos depois. Mais recentemente, o melhor desempenho dos deputados-candidatos foi nas eleições de 2008. Na época, eram 15 - 5 federais e 10 estaduais - e foram eleitos cinco deles.

    Os deputados candidatos a prefeito e vice-prefeito
    COMO FOI NAS ELEIÇÕES ANTERIORES

    2016

    2 DEPUTADOS FEDERAIS
    Nenhum eleito

    7 DEPUTADOS ESTADUAIS
    1 eleito:
    Gean Loureiro (MDB) - Florianópolis

    2012

    2 DEPUTADOS FEDERAIS
    Nenhum eleito

    7 DEPUTADOS ESTADUAIS
    2 eleitos:
    Cesar Souza Junior (PSD) - Florianópolis
    Elizeu Mattos (PMDB) - Lages

    2008

    5 DEPUTADOS FEDERAIS
    2 eleitos:
    Djalma Berger (PSB) - São José
    Carlito Merss (PT) - Joinville

    10 DEPUTADOS ESTADUAIS
    3 eleitos:
    Clésio Salvaro (PSDB) - Criciúma
    Jandir Bellini (PP) - Itajaí
    Édson Piriquito (PMDB) - Balneário Camboriú

    2004

    4 DEPUTADOS FEDERAIS
    Nenhum eleito

    8 DEPUTADOS ESTADUAIS
    3 eleitos:
    João Rodrigues (PFL) - Chapecó
    Volnei Morastoni (PT) - Itajaí
    João Paulo Kleinübing (PFL) - Blumenau

    2000

    3 DEPUTADOS FEDERAIS
    Nenhum eleito

    5 DEPUTADOS ESTADUAIS
    2 eleitos:
    Ciro Roza (PFL) - Brusque
    Neodi Saretta (PT) - Concórdia
    Pedro Uczai (PT, vice) - Chapecó

    1996

    5 DEPUTADOS FEDERAIS
    3 eleitos:
    Luiz Henrique da Silveira (PMDB) - Joinville
    Leonel Pavan (PDT) - Balneário Camboriú
    José Fritsch (PT) - Chapecó - prefeito

    13 DEPUTADOS ESTADUAIS
    3 eleitos:
    Geraldo Werninghaus (PFL) - Jaraguá do Sul
    Jandir Bellini (PPB) - Itajaí
    Décio Ribeiro (PDT) - Lages

    1992

    4 DEPUTADOS FEDERAIS
    2 eleitos:
    Eduardo Pinho Moreira (PMDB) - Criciúma
    Renato Vianna (PMDB) - Blumenau

    10 DEPUTADOS ESTADUAIS
    5 eleitos:
    Wittich Freitag (PFL) - Joinville
    Durval Vasel (PTB) - Jaraguá do Sul
    Germano Vieira (PFL) - São José
    Arnaldo Schmitt (PMDB) - Itajaí
    Sérgio Grando (PPS) - Florianópolis

    1988

    4 DEPUTADOS FEDERAIS
    Nenhum eleito

    7 DEPUTADOS ESTADUAIS
    6 eleitos:
    Raimundo Colombo (PFL) - Lages
    Ivan Ranzolin (PDS, vice) - Lages
    Altair Guidi (PDS) - Criciúma
    João Macagnan (PMDB) - Itajaí
    Nodgi Pellizzetti (PDT) - Rio do Sul
    Ademar Duwe (PMDB, vice) - Jaraguá do Sul

    Receba os textos, lives, podcasts e comentários na tevê de Upiara Boschi no Telegram clicando no link: https://t.me/upiaransc.

    Para receber no WhatsApp, é só clicar em https://bit.ly/3hJOi9y

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas