nsc
    dc

    Futebol

    2020: o ano que ainda não terminou para o futebol

    Temporada do futebol brasileiro prossegue nos primeiros meses de 2021, com momentos decisivos para os clubes de Santa Catarina nas competições nacionais

    02/01/2021 - 12h00

    Compartilhe

    Everton
    Por Everton Siemann
    bola-futebol-sc-2020
    A temporada tem sido marcada por altos e baixos dos times catarinenses
    (Foto: )

    A chegada da pandemia do coronavirus ao Brasil, em fevereiro do ano passado, transformou rotinas e mudou o nosso cotidiano. O calendário do futebol, como não poderia deixar de ser, foi afetado. O ano de 2020 acabou, mas a temporada do esporte mais popular do país prossegue nos primeiros meses de 2021. E com momentos decisivos, nas quatro divisões do campeonato nacional.

    > Confira mais notícias sobre futebol

    Como não temos representante na Série A nesta temporada, as atenções do torcedor de Santa Catarina voltam-se para as divisões inferiores. E em cada um delas, tem torcedor de diferentes regiões do Estado com os nervos à flor da pele.

    No Oeste do Estado, o torcedor da Chapecoense conta as rodadas para poder celebrar o retorno à elite do futebol brasileiro. E, de quebra, brigar pela conquista da primeira taça de uma competição nacional. Ainda na Série B, torcedores de Avaí e Figueirense vivem emoções e momentos distintos.

    O Leão da Ilha ainda sonha com uma vaga no grupo de acesso à elite nacional, enquanto o Alvinegro do Estreito torce pela manutenção do clube na segunda divisão, no ano em que celebrará o centenário.

    > Próspera vence o Hercílio Luz e é campeão catarinense da Série B

    No Vale do Itajaí, o torcedor do Brusque segue na expectativa de que o time reencontre o bom futebol de outrora e o caminho das vitórias na segunda fase da Série C, em busca de mais um acesso. Dessa vez, rumo à Série B do campeonato nacional. 

    Ainda no Vale, mais pertinho do Litoral, em Itajaí o torcedor do Marcílio Dias vive um pouco do que o vizinho brusquense vivenciou em 2019. Na Série D, o Marinheiro chegou à fase mais importante da competição: o duelo das quartas de final, que garante o acesso à terceira divisão no segundo semestre deste ano.

    > Tite: esperança dos técnicos brasileiros e do hexa

    É assim que 2021 começa para os torcedores do futebol catarinense, com a possibilidade de soltar o grito de “campeão” e também de celebrar acessos à novas divisões do Campeonato Brasileiro. Confira a seguir como foi 2020 e a fase em que estão no ano que inicia os clubes de Santa Catarina em competições nacionais.

    SÉRIE B
    Chapecoense
    Lidera a competição e está bem próximo de mais um acesso à elite do futebol nacional. O Verdão do Oeste (foto) briga para faturar o título e entrar na restrita galeria dos catarinenses com títulos nacionais.
    Avaí
    Ocupa posição media na tabela de classificação e ainda sonha com uma das quatro vagas do acesso à Série A.
    Figueirense
    Briga para evitar o rebaixamento à terceira divisão. .
    SÉRIE C
    Brusque
    Alternando bons e maus momentos, o time chegou à segunda fase da competição e está na briga por uma das quatro vagas à Série B. Até o fechamento da edição, o Brusque (foto) ocupava a 4ª colocação do Grupo C, com três pontos, um a menos que o líder Ituano-SP. Faltam três rodadas para acabar a nova fase. Os dois primeiros do grupo avançam às semifinais e garante o acesso.
    Criciúma
    Oscilou muito de rendimento ao longo da 1ª fase e foi eliminado. O Tigre somou 19 pontos em 18 jogos e terminou na 8ª colocação do Grupo B, ficando à frente de São Bento-SP e Boa Esporte-MG, que foram rebaixados à Série D, junto com Treze-PB e Imperatriz-MA, pelo Grupo A.
    SÉRIE D
    Marcílio Dias
    Oscilou muito de rendimento ao longo da 1ª fase e foi eliminado. O Tigre somou 19 pontos em 18 jogos e terminou na 8ª colocação do Grupo B, ficando à frente de São Bento-SP e Boa Esporte-MG, que foram rebaixados à Série D, junto com Treze-PB e Imperatriz-MA, pelo Grupo A.
    Joinville
    Brigou por uma vaga na sequência da competição até o último minuto da 14ª rodada da primeira fase. Com 20 pontos, um a menos que o Marcilio Dias, ficou com o 6º lugar do Grupo A8 e foi eliminado. Tem vaga garantida para disputar a competição nacional novamente neste ano.
    Tubarão
    Somou apenas sete pontos em 14 jogos e ficou com a penúltima posição do grupo.
    CATARINENSES COM
    TÍTULOS NACIONAIS
    AVAÍ
    Série C: 1998
    BRUSQUE
    Série D: 2019
    JOINVILLE
    Série C: 2011
    Série B: 2014
    CRICIÚMA
    Copa do Brasil: 1991
    Série B: 2002
    Série C: 2006

    DESENVOLVIMENTO WEB: MAIARA SANTOS

    Leia também:

    > Carol Meligeni fecha a temporada com títulos e fala da vida em Itajaí

    > Retrospectiva: Como foi 2020 no futebol catarinense

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas