Colocar em prática atitudes sustentáveis tem se tornado cada vez mais urgente para colaborar com a preservação do planeta. Para tanto, pensar na forma como a decoração da casa é construída também é necessário para reduzir o impacto negativo na natureza.

Continua depois da publicidade

> Quer receber notícias por WhatsApp?

Então, para 2023, a grande aposta são as tendências de decoração mais sustentáveis. Preocupados com o meio ambiente, as pessoas estão optando por casas mais sustentáveis, praticidade, conforto, contato com a natureza e, acima de tudo, bem-estar.

Existem inúmeras ideias simples, baratas e criativas capazes de transformar o lar. Confira abaixo!

1. Uso de madeira e pedras

madeira e outros elementos naturais voltarão com força aos lares em 2023. Para Marcela Neves, líder de arquitetura da Tuim, primeira empresa de móveis residenciais por assinatura do Brasil, as pedras também ganharão mais espaço nos projetos de interiores. “A busca por conforto, bem-estar e elegância é um dos principais responsáveis por esta retomada. Presente desde o jardim interno até a estrutura das paredes, os elementos naturais tornam o ambiente mais sustentável e transmitem uma sensação de maior aconchego e pertencimento”, complementa.

Continua depois da publicidade

2. Aproveitamento da iluminação natural

Portas e janelas amplas que possibilitem o máximo aproveitamento da luz natural também estarão em alta. Como a ideia é proporcionar mais aconchego ao lar, essa é uma tendência que ganha ainda mais força. Existem alguns truques, como o uso de espelhos, móveis em laca ou paredes claras, que também permitem esse aproveitamento da luz.

> Cores metalizadas podem ajudar a compor ambiente para o home-office

Sala com sofá marrom e plantas do lado e na frente
Uso de plantas na decoração favorece contato com a natureza (Imagem: Shutterstock)

3. Contato com a natureza

Conhecido como design biofílico, a presença do verde e a reconexão com a natureza segue sendo uma aposta para 2023. Afinal, inúmeros estudos já comprovaram que esta conexão diária com os elementos naturais também promove qualidade de vida, previne doenças, aumenta a produtividade e a criatividade. Para Marcela Neves, os projetos que contemplam cada vez mais espaços verdes no lar, seja com plantas naturais, artificiais ou até imagens, seguem em alta.

4. Tons neutros e naturais

Os tons neutros e naturais são os principais protagonistas de 2023. “Sempre presentes em uma decoração minimalista, mas repleta de graça e versatilidade, os tons de branco, cinza e bege são os preferidos. Fáceis de decorar, eles tornam o ambiente sofisticado e elegante sem muitos esforços. Além disso, ampliam visualmente o lar e são capazes de manter os espaços sempre atuais”, destaca a líder de arquitetura da Tuim.

> Veja quais elementos usar na decoração da sala de estar

5. Uso de móveis por assinatura

Outra solução cada vez mais utilizada, sobretudo, pelos millennials e nômades digitais, é o modelo de assinatura. Visto como uma solução simples que traz total autonomia para o morador escolher exatamente o que quer e pelo período que precisa, a assinatura de móveis permanecerá em alta em 2023.

Continua depois da publicidade

“A vida dos moradores brasileiros está cada vez mais móvel, por isso oferecer esta possibilidade de mudança, com praticidade, agilidade e sem todas as dores de cabeça que envolve o processo de mudança, torna este hábito ainda mais comum, frequente e sustentável. Além de não investirem definitivamente nos móveis, as pessoas podem redecorar seus lares sempre que quiserem”, conclui Marcela Neves.

*Por Beatriz Magalhães

Leia também

Feng Shui: saiba como aplicar em casa

Conheça a tendência da cozinha americana

Veja como planejar uma casa agradável para receber amigos e familiares

Destaques do NSC Total