O aeroporto Santa Terezinha, em Joaçaba, no Meio-Oeste catarinense, reabriu nesta quinta-feira (1º) após um ano e meio de obras. O local passou por uma vistoria técnica, feita pela prefeitura, junto com o Fiscal do Estado de Santa Catarina, responsável pelas obras. Os técnicos avaliaram que o aeroporto está pronto para pousos e decolagens diurnas.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A avaliação feita pelos técnicos considerou a pista, a táxi e o pátio já possuem condições de operação diurna, pois cumprem os aspectos de segurança previstos em lei. Com isso, o local passa a receber aeronaves de maior porte, além de voltar a ter pousos de aeronaves UTIs, do Transporte Aéreo de Valores, aeronaves militares e da aviação geral.

Entre as melhorias e ampliações, a pista passou de 18 metros de largura para 30 metros. Um sistema de grooving, que permite que as aeronaves operem com mais segurança em dias chovosos, também foi instalado.

–– A modernização da infraestrutura é essencial para o bom funcionamento dos trabalhos, mas precisamos estar preparados para profissionalizar a gestão e operação do aeroporto, sempre em sintonia com os governos estaduais e federais. Em paralelo, estamos implantando ferramentas para garantir a segurança de operação aeroportuária –– diz Eglon Buraseska, Superintendente de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Gestor Aeroportuário.

Continua depois da publicidade

Especialista alemão fala sobre crise energética e desenvolvimento

Para o prefeito de Joaçaba, Dioclésio Ragnini, a obra é importante para o desenvolvimento regional. O Aeroporto Santa Terezinha deve atender aproximadamente 600 mil pessoas, que moram na região.

–– Sempre ressalto que o Aeroporto Santa Terezinha não é só de Joaçaba, é de toda a região Meio-Oeste catarinense. Ele vem para atender as necessidades de desenvolvimento regional e expansão de várias áreas, seja na saúde, educação, comércio, indústria e serviços –– diz Dioclésio.

As mudanças no aeroporto foram feitas para atender os requisitos de segurança operacional aplicáveis ao Aeroporto de Joaçaba pelo Regulamento Brasileiro da Aviação Civil Nº 153 Emenda 06 e Nº 154 Emenda 07. Além das obras, outras medidas estão sendo implantadas para garantir a segurança e melhor gestão aeroportuária.

Leia também

Bairros embaixo d’água, famílias ilhadas e deslizamentos: veja imagens de SC após chuva

Continua depois da publicidade

Família perde tudo e vai para abrigo em SC: “Não tinha mais nada. Só nós e os cachorros”

Quem são as vítimas da tragédia com deslizamento de terra na BR-376

Destaques do NSC Total