nsc
an

Educação

Álcool gel, máscara e medição de temperatura marcam retorno às aulas estaduais em Joinville

Estudantes da rede estadual de ensino voltam às atividades nesta quinta-feira (18), a maioria deles presencialmente

18/02/2021 - 09h12 - Atualizada em: 18/02/2021 - 09h18

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Profissionais aferem temperaturas na entrada das escolas
Profissionais aferem temperaturas na entrada das escolas
(Foto: )

Álcool em gel, máscara e medidor de temperatura. Os materiais escolares estão bem diferentes neste retorno às aulas em 2021. Em Joinville, estudantes da rede estadual de ensino voltam às atividades nesta quinta-feira (18), a maioria deles, presencialmente. Dos 29.736 alunos de escolas estaduais da cidade, 26.353 se comprometeram a retornar no sistema de escala proposto pela Secretaria de Educação do Governo do Estado nas 36 unidades do município.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

> Volta às aulas em SC terá escolas em formato presencial, on-line e misto; entenda os modelos

A escola Bailarina Liselott Trinks, no bairro Vila Nova, conta com 1.102 estudantes matriculados. Destes, 944 vão retornar presencialmente e 158 permanecerão em aulas remotas. Logo na entrada, eles são recepcionados por um profissional que afere a temperatura e orienta o uso de álcool em gel e máscara. 

Por ser um momento importante de transição entre ensino fundamental e médio e que, naturalmente, já causa certa ansiedade nos adolescentes, a escola optou por atender apenas os estudantes do primeiro ano nesta quinta-feira de forma presencial. 

> "Vai ser melhor do que ficar em casa", diz mãe de aluno sobre volta às aulas em Joinville

Eles vão serão acolhidos, vão conhecer a estrutura da escola e receber as orientações de cuidados para evitar contaminação do coronavírus. O restante das turmas começa remotamente, mas deve comparecer na escola a partir dos próximos dias.  

- Trabalhamos muito, foram dias de muito empenho nos últimos meses para este momento, preparando a escola para atender os alunos da melhor forma possível - destaca a diretora Gleici Ana Matielo Tasca. 

> Volta às aulas em Joinville: tudo que você precisa saber

A preparação da escola segue as diretrizes do Plano de Contingência Municipal. Da mesma forma como ocorre nas escolas municipais, haverá alternância de grupos entre “Tempo Escola”, com as atividades presenciais nas unidades, e “Tempo Casa”, com dinâmicas a distância, com ou sem uso da tecnologia. O formato inicia na próxima segunda-feira (22).

- Logo que eles entram na escola, eles já precisam subir diretamente para as salas, para evitar aglomerações e contato - explica Gleici.

 ​> “Alunos devem vir com máscara de casa”, diz secretário de educação de Joinville

As atividades em quadra também devem respeitar o plano de contingência, assim como os espaços de recreação e intervalo. As merendas serão distribuídas em porções e os estudantes terão de respeitar os espaços entre as mesas. As salas de aulas também foram sinalizadas com faixas para manter a distância entre os alunos.  

Alunos voltam à escola depois de um ano em aulas remotas

De tanta ansiedade para o retorno, a aluna Ana Júlia Schulz, 15 anos, conta que não conseguiu nem dormir direito: ela acordou as 5h esperando pelas aulas. Ana estudava de casa na escola municipal Bernardo Tank até o ano passado e agora começa o ensino médio de um jeito bem diferente.

- Acho que vai ser melhor ir à escola. A comunicação era um pouco mais demorada e a gente demorava mais até para conseguir fazer as atividades. Eu acho que vai dar tudo certo com as regras de segurança - comenta.

> Tire todas as suas dúvidas sobre a volta às aulas em Santa Catarina

Colunistas