Um suspeito de assassinato em Garopaba, no Litoral Sul de Santa Catarina, foi preso perto da meia-noite da última terça-feira (9) quando pretendia empreender fuga do Estado. A Polícia Civil acredita que o homem detido tenha agredido até a morte um outro morador da cidade, de quem era amigo, após desconfiar de uma suposta traição entre uma ex-companheira e a vítima do homicídio.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

O corpo do homem havia sido encontrado dentro de um carro abandonado às margens da rodovia Jovino Piucco, em Garopaba, na segunda (8), o que deu início à investigação de autoria.

Os policiais descobriram que o suspeito atraiu a vítima para a casa em que vive, na Praia do Siriú, na noite do domingo (7), após consumir altas doses de drogas. No local, o autor do crime matou o amigo a socos, chutes e facadas. Em seguida, ele colocou o corpo no carro da vítima e conduziu o veículo até a rodovia em que ficou abandonado. Ao deixar o local, o criminoso levou o celular do homem assassinado.

Após ser descoberta a autoria do crime, a Polícia Civil obteve um decreto de prisão preventiva do suspeito. Ele foi encontrado a bordo de um veículo rumo à saída de Garopaba, com uma mala de roupas e uma quantia de dinheiro em espécie, o que, segundo a investigação, confirmou a intenção dele em fugir.

Continua depois da publicidade

O homem foi encaminhado ao Presídio de Imbituba, onde permanecerá à disposição da Justiça. Além da Polícia Civil, a prisão do suspeito contou com a atuação integrada das polícias Militar e Científica, assim como a rápida resposta do Ministério Público catarinense (MPSC) e Poder Judiciário.

Leia mais

Homem é morto a facadas por namorada após briga por ciúmes em SC

Dupla é flagrada transportando poste em carrinho de supermercado em SC

Destaques do NSC Total