nsc
dc

Pandemia

Anvisa recomenda dose de reforço do mesmo laboratório das doses iniciais contra a Covid

A agência sanitária contraria o Ministério da Saúde, que orienta a dose de reforço com Pfizer, em todos os casos

24/11/2021 - 17h43

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Dose de reforço foi recomendada para maiores de 18 anos
Dose de reforço foi recomendada para maiores de 18 anos
(Foto: )

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou, nesta quarta-feira (24), a aplicação da dose de reforço pelo mesmo laboratório das duas doses iniciais. A decisão contraria a orientação do Ministério da Saúde, que pede para que a dose de reforço seja feita com Pfizer em todos os casos. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A terceira dose deve ser feita em pessoas com mais de 18 anos, em um intervalo mínimo de seis meses após o recebimento da dose dois.

> Variante com combinação de outras duas linhagens da Covid é encontrada na América do Norte

A variante delta do coronavírus é mais perigosa e tem sintomas diferentes das outras? Entenda

A agência sanitária recomendou a vacinação da dose de refoço, com laboratórios diferentes, apenas para quem tomou Coronavac. No caso de quem se imunizou com AstraZeneca ou Janssen, a vacina da Pfizer pode ser aplicada como reforço, se necessário, mas a preferência é pela dose extra com o mesmo imunizante.

Leia mais em Metrópoles, parceiro do NSC Total. 

Leia também

Quarta onda da Covid está sendo vivenciada no mundo, afirma diretora da OMS

Variante com combinação de outras duas linhagens da Covid é encontrada na América do Norte

Marcelo Queiroga liga onda de Covid a falta de vacina e contraria Bolsonaro

Colunistas