O Corpo de Bombeiros Militar atuou em uma força-tarefa no bairro São Luiz, em Criciúma, para salvar um um cachorro que ficou preso em um bueiro. A ocorrência foi ontem à tarde e, segundo moradores do local, o animal estava preso no local há pelo menos três dias.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

A zona de atuação foi delimitada pelo som do latido. Foram feitos dois buracos com o uso do rompedor, picareta e pás e foi necessário acionar a Casan e a Secretaria de Infraestrutura de Criciúma para dar suporte com o maquinário e equipamentos. 

Utilizando um Geo Fone (dispositivo portátil que possui um sensor de som sensível e amplificador interno, próximo às tubulações subterrâneas ajuda na busca por vibrações) da Casan, foi encontrado um ponto que possivelmente o animal estava e aberto o espaço com a utilização de máquinas. O animal foi retirado e encaminhado ao Núcleo do Bem Estar Animal de Criciúma (NBEA).

Primeiros socorros ao animal

Segundo Christophe de Lima, coordenador do NBEA, o cachorro estava com cheiro forte de produtos químicos quando chegou no núcleo. A equipe veterinária deu banho no animal e vermífugo, como orienta o protocolo de atendimento em casos assim. Logo em seguida, começaram as buscas pelo tutor do animal, que foi localizado graças a uma publicação nas redes sociais. 

Continua depois da publicidade

— Entramos em contato com a senhora que é dona do animal e vamos fazer a entrega dele nas primeiras horas da tarde hoje, juntamente com os bombeiros que fizeram o resgate. Nada mais justo que os bombeiros vejam a emoção na face da senhorinha que vai receber seu animal de estimação de volta — afirma o coordenador.

O coordenador afirmou que vai orientar a tutora no momento da devolução do cachorro e pretende acompanhar o quadro de saúde dele por algum tempo.

—O Jimmy já é um senhorzinho, então vamos fazer um hemograma nele para saber se está tudo bem mesmo, mas graças a Deus ele está tranquilo e dócil— comemora Christophe

*Sob supervisão de Raquel Vieira

Leia também

Joinville decreta situação de emergência por causa da dengue

Quem era a jovem morta queimada após ser sequestrada no Carnaval

Mulher recusa convite para “swing”, é ameaçada, filhos reagem e homem é preso em SC

Destaques do NSC Total