nsc
an

Ajuda

Araquari vai pagar R$ 150 de auxílio para mais de 500 famílias em vulnerabilidade social

Primeira parcela será paga pelo município na próxima segunda-feira (29)

26/11/2021 - 15h45

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Pessoa contando dinheiro
Araquari terá auxílio emergencial de R$ 150
(Foto: )

A prefeitura de Araquari criou um auxílio emergencial municipal que vai pagar R$ 150 mensais para mais de 500 famílias em situação de vulnerabilidade social. O pagamento acontecerá ao longo de três meses, com a primeira parcela na próxima segunda-feira (29).

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Segundo a prefeitura, Araquari se torna a segunda cidade do Estado a criar um auxílio emergencial municipal - Florianópolis foi a primeira em maio deste ano. Serão investidos R$ 300 mil para custear o programa e ajudar famílias vulneráveis que também foram atingidas pela pandemia.

O secretário de Assistência Social de Araquari, Fábio Lima Junior, informou que 505 das 1,2 mil famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) estão aptas a receber o auxílio.

Foram levados em consideração quatro critérios para a concessão do benefício: famílias compostas por mulheres com pelo menos um filho, estar no CadÚnico, ser morador há pelo menos 1 ano e estar em situação de pobreza ou extrema pobreza.

As datas para o pagamento das três parcelas serão 29 de novembro, 20 de dezembro e 30 de janeiro. As famílias que receberem o auxílio emergencial do município continuarão aptas a participar também dos programas do governo federal.

Os moradores inscritos no CadÚnico podem consultar se estão na lista de beneficiários no site da prefeitura. O pagamento será feito por meio do aplicativo Caixa TEM. Quem não tiver acesso e estiver entre as famílias selecionadas para receber o auxílio, pode entrar em contato com um dos CRAS do município.

Leia também:

Maiores cidades de SC somam 71,9 mil pessoas com renda mensal inferior a R$ 90

"Não sei explicar a fome", desabafa moradora que vive com R$ 350 por mês em SC

Viver está mais caro em SC? Entenda alta de preços em cinco áreas e como economizar

Cidade que mais cresceu em SC, Araquari alega avanço ainda maior

Colunistas