nsc

Ensino

Aulas em Palhoça começam com nova base curricular nas escolas da rede municipal 

Prefeitura deve fazer novas chamadas na educação infantil para atender fila de espera

10/02/2020 - 13h26

Compartilhe

Leandro
Por Leandro Lessa
Centro de Educação Infantil Criança Esperança no loteamento Jardim Coqueiros, bairro Eldorado
Centro de Educação Infantil Criança Esperança no loteamento Jardim Coqueiros, bairro Eldorado
(Foto: )

Mais de 13,7 mil alunos estão matriculados na rede municipal de Palhoça, que voltou às aulas nesta segunda-feira (10). São estudantes na educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens e adultos (EJA).

Sobre as unidades destinadas à educação infantil, a prefeitura oferece aproximadamente cerca de 3,3 mil vagas para alunos entre zero e cinco anos de idade. No ano passado, 1.135 crianças ficaram na fila de espera por uma vaga na rede municipal.

Em novembro passado, a busca por vagas no ensino infantil em Palhoça fez com que pais passassem a noite nas filas. Após uma recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a prefeitura de Palhoça alegou que o atendimento às crianças com 4 e 5 anos subiu de 69% para 93%.

— Palhoça continua recebendo muitas pessoas de fora. Então, à medida que nós estamos chamando, os pais estão vindo de outras regiões — argumentou a secretária de Educação de Palhoça, Shirley Nobre Scharf.

No final do mês passado, o município assinou convênios com 13 associações de bairros e conselhos comunitários para atender 2.182 vagas. Está previsto que as entidades recebam a primeira das onze parcelas dos recursos até o fim desta semana.

Nova base curricular já vale a partir deste ano

A partir deste ano, a base curricular da rede municipal de ensino em Palhoça dará a base às práticas pedagógicas nas unidades. Segundo a secretária, o documento foi construído de maneira efetivamente participativa e democrática.

— Foram poucos os municípios que reescreveram sua base curricular. De maio a dezembro do ano passado, foram 117 reuniões em todas as áreas. Os professores determinaram o conteúdo e a maneira que ele será trabalhado em sala em aula — declarou Shirley.

Ouça a entrevista com a secretária de Educação de Palhoça, Shirley Nobre Scharf, para o Notícia na Manhã desta segunda-feira (10):

Leia as últimas notícias no NSC Total

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Educação

Colunistas