nsc
dc

Tentativa de feminicídio

Avó é esfaqueada após chamar neto de "bandido" em Orleans

O caso ocorreu por volta das 12h30 deste domingo (26) no bairro Conde d'Eu

27/09/2021 - 16h56

Compartilhe

Diane
Por Diane Bikel
A Polícia Civil deve concluir o inquérito nos próximos dias
A Polícia Civil deve concluir o inquérito nos próximos dias
(Foto: )

Uma mulher de 63 anos foi esfaqueada após chamar o neto de "bandido" neste domingo (26) em Orleans, no Sul do Estado. Segundo informações da Polícia Militar (PM), o agressor, de 23 anos, não gostou da forma como foi chamado e deu cerca de 10 facadas na avó.

> Receba as principais informações de Santa Catarina pelo Whatsapp

Os vizinhos ouviram os gritos e tentaram ajudar, porém, foram ameaçados, de acordo com a Polícia Civil. Um deles, no entanto, entrou na casa e, ao abrir, a porta foi atingido com duas facadas na barriga. O neto saiu de casa, neste momento, segundo a ocorrência.

O caso ocorreu por volta das 12h30 no bairro Conde d'Eu.

Conforme informações da Polícia Civil, o vizinho, mesmo esfaqueado, levou a avó até o hospital. Lá, os dois foram atendidos e a polícia foi acionada. A avó está em estado estável e deve ser ouvida ainda nesta segunda-feira (27), segundo o delegado responsável pelo caso, Fernando Guzzi. O vizinho teve ferimentos leves. 

> Avó morre após salvar neto de tiro em Chapecó

O neto prestou depoimento ainda no domingo e confessou o crime, segundo a Polícia Civil. Ele está preso e deve responder por tentativa de homicídio, tentativa de feminicídio e ameaças. 

Segundo Guzzi, o inquérito deve ser concluído em poucos dias. A avó ainda não tem previsão de alta.

*Sob supervisão de Vinicius Dias.

Leia também

Adolescente morto em tiroteio em Florianópolis ia ser pai

Homem acusado de ser "talarico" é sequestrado e baleado em Massaranduba

Cantor sertanejo é encontrado morto em BH no dia do aniversário

Colunistas