nsc
    an

    Dança

    Bailarina de Joinville recebe homenagem por contribuição às artes na Rússia

    A comenda foi entregue em cerimônia fechada à Amanda Gomes, que a dedicou ao povo brasileiro

    31/03/2021 - 11h12 - Atualizada em: 31/03/2021 - 11h18

    Compartilhe

    Cláudia
    Por Cláudia Morriesen
    foto mostra Amanda Gomes com representantes do Ministério da Cultura
    Amanda é de Goiânia, mas mudou para Joinville aos nove anos, cidade onde ainda reside sua família
    (Foto: )

    A bailarina Amanda Gomes, formada pela Escola Bolshoi de Joinville, recebeu uma homenagem como "profissional com enorme contribuição para o desenvolvimento da arte teatral" na Rússia. A comenda foi oferecida pelo Ministério da Cultura da Rússia e entregue na última quinta-feira (25), em cerimônia fechada, pelo presidente da República do Tartaristão, Rustam Minnehanov, em Kazan.

    A bailarina de 24 anos revelou que está muito lisonjeada em receber essa comenda no país da dança. Ela dedicou essa premiação ao povo brasileiro nesse momento tão difícil, com tantas vidas perdidas em meio à pandemia no Brasil e no mundo.

    Amanda é de Goiânia, mas mudou com a família inteira para Joinville na infância para estudar na Escola do Teatro Bolshoi no Brasil. Formou-se em 2011, integrou a Cia. Jovem Bolshoi Brasil em Joinville em seguida, e foi contratada pela Ópera e Balé de Kazan, na Rússia, em agosto de 2014. 

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

    No ano passado, no início da pandemia, a bailarina já foi consagrada com o Prêmio “Tantana” do Ministério da Cultura da República do Tartaristão como melhor bailarina do ano na Rússia. O prêmio foi concedido por sua performance no papel de Medora, do balé "O Corsário", em 2019.

    amanda na plateia da cerimônia
    Amanda participou da cerimônia fechada para convidados em Kazan
    (Foto: )

    Entre suas premiações ainda estão o prêmio internacional Benois de La Danse, o "Oscar da Dança", como melhor bailarina do ano de 2017 por sua performance como protagonista no balé "Esmeralda"; a Medalha de Prata no XIII Moscow International Ballet Competition, uma das maiores e mais importantes competições do balé clássico mundial — a maior premiação do concurso, que naquele ano não concedeu medalha de ouro a nenhum participante — ; e a Medalha de Ouro no XXVII Varna International Ballet Competition, a mais antiga e uma das mais importantes competição de Balé Clássico do mundo, na Bulgária.

    > "Ninguém sabia como lidar com aquilo", recorda filha do primeiro joinvilense a morrer por Covid-19

    Em dezembro de 2018, venceu o reality show Bolshoi Balé, concurso transmitido pelo canal "Kultura" da Rússia, no qual competiu com bailarinos renomados de grandes teatros dos Estados Unidos, Rússia e Europa. Amanda e seu partner, Wagner Carvalho, também de Joinville, receberam o prêmio de melhor casal da competição.

    Assista a um trecho da bailarina Amanda Gomes no balé "O Corsário::

    Leia também:

    > "Se não fosse pela Covid-19, ela estaria com a gente agora", diz mãe de bebê que morreu em Joinville

    > Mapa Covid de SC hoje: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas